domingo, 4 de janeiro de 2015

Tu és grande e majestoso


Ao Deus eterno, que me adotou por filho, venho buscar e adorar nesta manhã. Devo dizer que nunca me sinto plenamente confortável ao meu aproximar de Ti, querido Pai; pois, sei o quanto Tu és grande e majestoso! exaltado por anjos e homens, reconhecido por animais, vegetais e minerais; posto que até mesmo as rochas conseguem ouvir Tua voz! Como posso eu, sendo quem sou, sentir-me à vontade perante o Rei de toda terra e Senhor de todo universo? Sei que, por mais que eu e amadureça, jamais conseguirei compreender plenamente Tua grandeza. Ainda bem que tenho a fé que uma vez me foi dada, que me permite contemplar Tua presença e atributos nos vestígios do Teu andar e nas evidências do Teu agir. Ainda bem que posso fazer minha oração rendida e chorosa. Aleluia!
 
Graças a Deus, que mesmo sem sentir pleno conforto - pelas razões expostas - sinto plena segurança estando aos Teus pés; pois sei que Tua graça é maior que minha fraqueza; que Teu perdão é maior que meu pecado; e que Teu amor é maior que minha culpa. Isto, sim, é riqueza que dinheiro não compra; saúde que remédio não traz; e paz que o mundo não dá! Como teu servo, cantor Fernandinho, declara: "Eu sou Teu e Tu és meu!"; e como teu servo Anderson cantor Freire proclama: "Isto é mistério de Deus com você!" Assim, sabendo o quanto nos amas, veremos o Teu cuidado estendido em nossa família e em nossa mesa; pois, como afirma o ‎Ministério Sarando a Terra Ferida‬: "Na mesa o pão não vai faltar, pois o novo de Deus chegou!" Sim! Tenho razões de sobra para sentir segurança!
 
Não consigo me lembrar da primeira vez em que li este salmo: "Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.) Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã. Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)" (Salmos 46:1-7). Mais sei que seus efeitos me acompanharão por toda a minha vida!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário