quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Manto da esperança


Tenho percebido que, na vida de muitos, melancolia e solidão doída e crônica foram causadas por decisões tomadas sem que a direção de Deus fosse buscada. Infelizmente, o fato de muitos serem tão presos às suas próprias ideias fixas, desprovidas de bom senso, acabou por confiná-los no beco da solidão. E por esta razão vejo pessoas envelhecerem infelizes, sem amigos; posto que - em sua obstinação em manter posições retrógradas - foram se distanciando de sua própria família e das pessoas que as amavam. E o que agrava ainda mais a dor de quem vive neste estado é o fato de atribuírem aos outros a culpa pelo estado em que vivem; alegando terem sofrido abandono e discriminação por parte de alguns; ou, de não terem sido devidamente ajudados por outros. Todavia, o que eles não conseguem perceber é que passaram a vida inteira pensando tão somente em si.
 
Sei que, em alguns casos que acompanhei ao longo dos anos, já não há nada a fazer; a não ser tentar cobri-los com o manto da esperança, que direciona a fé para a herança do céu; mesmo assim, se mantiverem sua fé viva em Jesus, finalmente terão alegrias que nunca tiveram neste mundo, privados que foram por seu próprio modo de ver e viver a vida. No entanto, existe muita gente que ainda pode reverter sua situação desfavorável. Basta repensarem seu modo de ser e agir; e diminuírem mesmo que aos poucos, a sua cota de preocupação consigo mesmo; pensando um pouco mais naqueles que estão a sua volta - sejam eles conhecidos ou estranhos - aproveitando todas as oportunidades que surgem em seu caminho, para se ocuparem com ideias mais nobres e coisas mais úteis; procurando conhecer o propósito de Deus para sua vida e servindo com amor e compaixão ao seu próximo.
 
Este texto sempre exerceu influência em minha vida: "Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo. Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo. Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro. Porque cada qual levará a sua própria carga. E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido." (Gálatas 6:2-9). Nele, aprendi lições que me ajudam até hoje.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário