quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Contracenando com o mundo


Em meu campo de visão, tenho percebido que o cristão bem intencionado - caso queira se manter agradável a Deus - não pode viver a vida contracenando com o mundo. A Bíblia assim nos exorta: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." (1 João 2:15). É preciso lembrar que a vida de um crente não é uma roda gigante (ora em cima, ora em baixo), ou um carrossel (girando sem rumo), intercalando momentos de amor e ódio ou perdão e rancor. Não mesmo! No entanto, quando vivemos a contracenar com o mundo; é assim que vivemos - entre sensatez e loucura - sem sabermos o que fazer da vida que o Senhor nos deu. Então, uma atitude precisa ser tomada! Não basta querer ser fiel; é preciso se empenhar e lutar para ser fiel.
 
A Palavra de Deus resume deste modo, a vida de Enoque: "E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos, e gerou filhos e filhas." (Gênesis 5:22). Portanto, a única alternativa válida para um crente que pretende viver intensamente sua vida cristã; é pautar seus sonhos e conduta na Palavra de Deus, sem se deixar engodar por motivações e prazeres próprios para quem deseja viver em conformidade com este mundo condenado. Sei que existem atividades lícitas e saudáveis, neste mundo, que não causam dano a quem prioriza uma vida real com Deus. Sei também que o pecado se camufla e nos rodeia bem de perto; portanto, entre uma coisa e outra, precisamos estar atentos ao que Deus nos fala! Isto, se pretendemos terminar com Enoque terminou (Gên. 5.24).
 
Por favor, homem e mulher de Deus! Procure meditar neste texto:
 
"Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade. Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus. Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo. Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós."
(2 Coríntios 4:1-7)
 
Ele pode te levar a rever alguns dos nossos conceitos e valores.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário