quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Como é bom saber


Como é bom saber que minha vida e família permanece firme, por obra e graça do Deus eterno que nos deu vida em Cristo Jesus. E que, estando em Jesus, somos como árvores plantadas em solo fértil; cujas folhas e frutos permanecem firmes, em tempos de guerra ou de paz.
 
Como é bom saber que meus sonhos e projetos, se passados no padrão de qualidade do Senhor, podem ser concretizados e consumados mediante a graça revelada na pessoa de Jesus, Salvador de todos nós; sendo Ele o Autor da Vida que nos foi doada, mediante promessa!
 
Como é bom saber que, adormecendo ou despertando, posso me banhar no oceano da graça que rodeia a todos nós; mas que pode ser melhor conhecido e desfrutado, se nos mantivermos firmados em Cristo Jesus, e plenos do Espírito da Promessa que em nós habita.
 
Como é bom saber que a vida continua, em meio aos vendavais e provações, sem que necessitemos de conforto maior e melhor do que aquele que vem pelo cuidado do Pai das luzes; que achou por bem nos chamar e conduzir neste mundo, por caminho firme e seguro.
 
Como é bom saber que se permanecermos fieis à Palavra do Senhor, o Deus vivo será mais que suficiente para nos sustentar quando a dor chegar ou a crise se manifestar; pois Sua Palavra é o bem mais importante que temos, para nos sustentar e guiar pela vida afora.
 
Como é bom saber que Deus é fiel:
 
"Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus, Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos; E que é manifesta agora pela aparição de nosso Salvador Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e trouxe à luz a vida e a incorrupção pelo evangelho"
(2 Timóteo 1:7-10)
 
E que Sua Palavra é graça eterna!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário