quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Não há como não clamar


Temos estado, desde a tarde de segunda-feira, no Centro de Convenções John Wesley, com o Conselho Ministerial Regional; reunidos e empenhados em buscar direção e sabedoria do Pai. Os desafios a ser enfrentados e superados são de grandeza diversa. Em meio a uma vasta gama de questões e assuntos ligados à obra de Deus sob nossa responsabilidade; não há como não clamar e prantear um pouco mais aos pés do Senhor. O que nos vale é que buscar a presença do Pai abre um leque de opções e possibilidades que não se esgota. Deus é fiel! Louvo a Deus por Sua graça e cuidado sobre aqueles que O buscam, em espírito em verdade, com profundo temor diante do Deus vivo e eterno!
 
No entanto, não há como não pensar nos diversos pontos de interesse de nossa vida pessoal - família sempre em primeiro lugar - nas preocupações de qualquer pessoa que ama e valoriza este tesouro. Mas... Existem inúmeras áreas de comprometimento em nossa vida (ocupação profissional, estudos, compromissos financeiros, enfim...) que "caminham" ao nosso lado e "dormem" conosco; e tais áreas não podem ficar de fora, no momento em que nos quedamos diante do Pai em oração. Tenho aprendido que se conseguirmos convencer a Deus, quanto à justeza e seriedade da nossa causa, o céu enviará direção e reposta de paz para as ações que precisamos empreender e decisões a serem tomadas.
 
É sempre salutar recorrermos aos salmos:
 
"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.) Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã. Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.) Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra! Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo. Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)"
(Salmos 46:1-11)
 
E este salmo traz maravilhosa segurança interior.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário