domingo, 14 de dezembro de 2014

Canções e orações


Ao longo de minha vida, já perdi a conta das canções cristãs que nos motivam à oração; são inúmeras, voltadas para o testemunho e exortação quanto à necessidade de orarmos. Algumas delas são tão incisivas, que mal conseguimos conter as lágrimas ao cantá-las. Hoje, manhã bem cedo, com o sol ainda fora do alcance da visão, a terra coberta com o manto negro de um tipo de escuridão nem tão escura; senti paz ao me dobrar diante do Pai. Me senti pequeno e frágil; porém, ao mesmo tempo, fortalecido pela força motriz interior que tem me mantido de pé ao longo do tempo. Tem sido assim... Cantamos orações; oramos canções; mesclamos canções e orações... Enfim; buscamos a presença do Pai.
 
E não posso esquecer um momento sequer, que hoje precisamos concluir os itens da agenda do CMR; pois já estamos em contagem regressiva para o culto de abertura da XVII Concílio Regional. Portanto, parafraseando um antigo adágio, devo ter em mente que "oração e caldo de galinha não faz mal a ninguém". Nem sempre temos o saboroso e nutritivo caldo de galinha; porém, temos a oração como fonte de suprimento de paz e segurança, para sabermos como lidar com o bem e com o mal. Na verdade, seja na vida espiritual ou material, na vida familiar ou profissional; enfim, qualquer assunto em que estejamos envolvidos ou comprometidos, somente o socorro de Deus em Cristo pode nos preservar.
 
O texto apontado indica que devemos guardar o bom depósito:
 
"Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus, Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos; E que é manifesta agora pela aparição de nosso Salvador Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e trouxe à luz a vida e a incorrupção pelo evangelho; Para o que fui constituído pregador, e apóstolo, e doutor dos gentios. Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia. Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus. Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós."
(2 Timóteo 1:8-14)
 
Isto mesmo! O Espírito Santo é a força motriz que nos mantém de pé e no caminho.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário