segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Chorei um pouco mais


Enquanto eu me achego ao lugar de oração, fico a pensar... Por que o mal progride tanto no coração humano, se Deus está sempre pronto a socorrê-lo ante o avanço da maldade? Então, antes mesmo de me curvar no lugar de oração, sou lembrado pelo Senhor que o ser humano nasce contaminado; e de tal modo, que precisa nascer de novo para ter chance real de conviver com a maldade sem ser por ela vitimado. E assim pensando, enquanto ainda orava, não resisti... Chorei por mim mesmo e por aqueles que são constantemente afligidos pelo mal que está sempre tão perto. E me lembrei de Davi; que, ao aproximar-se em demasia da zona de perigo, esqueceu de fortalecer suas defesas e olhou na direção errada. As vezes, aquele crente que pensamos ser um fracassado, nada mais é do que um crente imprevidente; pensando estar seguro em suas crenças e valores. Então, quando ele cai, parece ser o fim. Todavia, pela graça de Deus, existe remédio para um crente assim; como houve também para Davi.
 
Então, chorei um pouco mais enquanto orava; pois este é um mal que sempre vemos, para onde quer que olhemos; e um risco que corremos todos os dias. Em momentos assim - mesmo sem ter perfil egoísta - não posso deixar de pensar na necessidade que tenho de me fortalecer. Então orei por mim mesmo; e senti a magnitude do risco que corremos, enquanto transitamos por um mundo tão corrompido, cheio de armadilhas camufladas (algumas até se parecendo com boas oportunidades que a vida reserva, ou que Deus nos dá). E, como se estivesse no alto de uma montanha, pedi a Deus que me desse discernimento; para me negar a olhar na direção apontada por Satã, onde se vêem as glorias do mundo no horizonte; e me desse sabedoria para ter sempre os olhos na direção indicada por Jesus: Os campos brancos para a ceifa. Finalmente, enquanto eu intercedia por minha querida família e pelos inúmeros amigos que tenho; busquei me banhar no rio de sangue que corre da cruz e me dessedentar no rio de luz que corre do trono.
 
Jesus é a Fonte de Vida, único Salvador: "Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada. Pois, se nós, que procuramos ser justificados em Cristo, nós mesmos também somos achados pecadores, é porventura Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma. Porque, se torno a edificar aquilo que destruí, constituo-me a mim mesmo transgressor. Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Não aniquilo a graça de Deus; porque, se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde." (Gálatas 2.16-21). Portanto, não adianta procurar salvação em outro nome ou em outra fonte.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário