quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Rumo ao desconhecido

Foto: Ontem de madrugada, amanheci no sítio do Presbítero Levi, da IMW de Valão do Guiricema. Acordei antes do cantar dos galos e do despertar dos pássaros, fatos tão comuns em lugares como este; onde o tempo passa com lentidão, quase parando. Enquanto eu orava; Deus me levou a fazer um retrospecto de minha própria vida; pensei no dia em que o Senhor me indicou a Porta por onde eu deveria sair - deixando o convívio dos meus pais e irmãos - rumo ao desconhecido. Quando os meus pés atravessaram os umbrais daquela Porta que me foi mostrada, tomei a decisão de nunca mais retornar ao passado. O Caminho que me foi mostrado, tem sido percorrido ao longo de todo este tempo; me levando a lugares que jamais sonhei chegar. Assim, deixando sem saudade o meu passado, transpus a Porta que me deu acesso ao campo de trigo por onde tenho caminhado; e lá à frente, vejo pela fé o Portal me introduzirá em meu futuro.

Todavia, enquanto este glorioso dia não chega; vou andando se pressa - aqui e ali - lidando com provas e desafios que poderiam ter me feito sucumbir; caso eu não estivesse ligado a Quem me chamou. Todavia, por causa do imperativo da cruz, sigo firme na fé, sem jamais recuar. E nesta caminhada vou fazendo amigos e irmãos entre aqueles que encontro ao longo do tempo. Por esta Estrada, cheguei até Guiricema, sábado a noite; onde participei do culto de pre-inauguração do amplo e bem construído templo. Abracei os pastores e obreiros do Distrito de Visconde do Rio Branco, sob o comando do Pastor Iankee Berget, SD do Distrito. Fui agraciado pela Câmara de Vereadores com uma "Moção Honrosa". Louvei a Deus pela vida e ministério do Pastor Frâncel Marzork, titular desta querida igreja. Na manhã de ontem, Maria Maria Célia Calegari e eu estivemos do culto matutino, no templo "memorial" da IMW de Valão do Guiricema.

Na madrugada de domingo, amanheci no sítio do Presbítero Levi, da IMW de Valão do Guiricema. Acordei antes do cantar dos galos e do despertar dos pássaros, fatos tão comuns em lugares como este; onde o tempo passa com lentidão, quase parando. Enquanto eu orava; Deus me levou a fazer um retrospecto de minha própria vida; pensei no dia em que o Senhor me indicou a Porta por onde eu deveria sair - deixando o convívio dos meus pais e irmãos - rumo ao desconhecido. Quando os meus pés atravessaram os umbrais da Porta que me foi mostrada, tomei a decisão de nunca mais retornar ao passado. O Caminho que me foi mostrado, tem sido percorrido ao longo de todo este tempo; me levando a lugares que jamais sonhei chegar. Assim, sem saudade do meu passado, transpus a Porta que me deu acesso ao Caminho por onde tenho andado; e lá na frente, vejo pela fé o Portal me levará ao meu futuro.
 
Todavia, enquanto este dia não chega; vou andando se pressa - indo aqui e ali - lidando com provas e desafios que poderiam ter me feito sucumbir; caso eu não estivesse firmado em Quem me chamou. Todavia, por causa do imperativo da cruz; sigo firme na fé, sem jamais recuar. E nesta jornada vou fazendo amigos e irmãos entre aqueles que encontro ao longo do Caminho. Por esta Estrada cheguei em Guiricema, no sábado a noite; onde participei do culto pré-inaugural do seu amplo e bem construído templo. Abracei os pastores e obreiros do Distrito de Visconde do Rio Branco, sob o comando do Pastor Iankee, seu SD. Fui agraciado pela Câmara de Vereadores com uma "Moção Honrosa". Louvei a Deus pela vida e ministério do Pastor Frâncel Marzork, titular desta querida igreja. Na manhã de ontem, Maria Célia e eu participamos do culto matutino, no templo "memorial" da IMW de Valão do Guiricema.
 
Este é um dos textos que me faz compreender a importância do chamado de Deus:
 
"E os teus ouvidos ouvirão a palavra do que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai nele, sem vos desviardes nem para a direita nem para a esquerda. E terás por contaminadas as coberturas de tuas esculturas de prata, e o revestimento das tuas esculturas fundidas de ouro; e as lançarás fora como um pano imundo, e dirás a cada uma delas: Fora daqui. Então te dará chuva sobre a tua semente, com que semeares a terra, como também pão da novidade da terra; e esta será fértil e cheia; naquele dia o teu gado pastará em largos pastos."
(Isaías 30.21-23)
 
Glória a Deus! Estou no Caminho, dele não desisto nunca!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário