segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Percebi em seus olhos

Foto: Obrigado, querido e amado Pai; por ter acordado em BH; após uma viagem de risco e de livramento. Ainda bem que consegui chegar ao lugar de oração; em meio às ponderações discordantes da própria razão, sempre a tentar me convencer de que preciso descansar um pouco mais. Fico impressionado com as vozes, mesmo piedosas e solidárias, que tentam arrazoar conosco; chamando nossa atenção para a necessidade de diminuirmos o ritmo; ou mesmo, de interromper a "via crucis". Sou grato a Ti; pois me deste graça para entender e respeitar o sentido das vozes piedosas; sem contudo, deixar de cumprir o Teu propósito até o limite de minhas condições espirituais e físicas. Obrigado, meu Senhor!

Trago diante de Ti a intercessão costumeira em favor dos familiares, amigos e irmãos. E intercedo pelos homens que participaram do Seminário promovido pela IMW de Barra. como senti Tua unção fluir enquanto eu ministrava! Agradeço a demonstração de amor e afeto de obreiros e irmãos, se dispondo até a deixar seus afazeres e vir conosco a Belo Horizonte; para nos dar assistência durante o procedimento cirúrgico. Cada um que expressava o seu desejo, me convencia da sinceridade nele contida, mediante o brilho e umidade que percebi em seus olhos. Maria Célia Calegari e Maria Rita (esposa do Pastor Marcos Paulo), foram vasos ungidos na ministração às mulheres presentes no local do evento.

Obrigado, querido e amado Pai; por ter acordado em BH, após uma viagem de risco e de livramento. Ainda bem que consegui chegar ao lugar de oração; em meio às ponderações discordantes da própria razão, sempre a tentar me convencer de que preciso descansar um pouco mais. Fico impressionado com as vozes, mesmo piedosas e solidárias, que tentam arrazoar conosco; chamando nossa atenção para a necessidade de diminuirmos o ritmo; ou mesmo, de interromper a "via crucis". Sou grato a Ti; pois me deste graça para entender e respeitar o sentido das vozes piedosas; sem contudo, deixar de cumprir o Teu propósito até o limite de minhas condições espirituais e físicas. Obrigado, meu Senhor!
 
Trago diante de Ti a intercessão costumeira em favor dos familiares, amigos e irmãos. E intercedo pelos homens que participaram do Seminário promovido pela IMW de Barra. Como senti Tua unção fluir enquanto eu ministrava! Agradeço a demonstração de amor e afeto de obreiros e irmãos, se dispondo até a deixar seus afazeres e vir conosco a Belo Horizonte; para nos dar assistência durante o procedimento cirúrgico. Cada um que expressava o seu desejo, me convencia da sinceridade nele contida, mediante o brilho e umidade que percebi em seus olhos. Maria Célia Calegari e Maria Rita (esposa do Pastor Marcos Paulo), foram vasos ungidos na ministração às mulheres presentes no local do evento.
 
Que texto maravilhoso!
 
"Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou."
(Romanos 8.31-37)
 
Ele traz grande conforto ao meu espírito!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário