terça-feira, 9 de setembro de 2014

Eternamente grato

Foto: Pai! Nesta madrugada, meu coração sente desejo de cantar esta antiga canção: "Então minh'alma canta a Ti, Senhor; quão grande és Tu, quão grande és Tú..." E enquanto eu canto, sinto profunda paz em meu espírito; a paz que o mundo não pode dar. E me encho da certeza de que o Teu braço rege o universo inteiro; e o leva a entoar canções que os homens não conseguem perceber; pois - desatentos que são ao Teu agir - ouvem apenas um barulho impreciso; ao invés da melodia eterna nele presente. Que maravilha, Pai! Poder Te adorar enquanto o louvor explode em meu íntimo e a graça envolve o meu ser inteiro. Sou teu, isto eu posso afirmar. Tu és meu, isto ninguém pode mudar. Serei eternamente grato a Ti!

Então, enquanto entoo que "bate no meu peito uma vontade imensa de cantar louvores ao trino Deus; de exaltar o Nome do meu Pai eterno, que do grande inferno já me resgatou"; minha alma sente segurança em saber que não preciso depender dos afagos desta vida, nem dos aplausos dos homens e nem mesmo de circunstâncias favoráveis, para estender minha vida em descanso; pois, o estado de segurança e paz que Tua presença sempre traz, se sobrepõe a qualquer luta ou provação que este mundo me reserve. Então, por que temer perigo ou ameaça; se o Teu escudo garante blindagem e proteção imediata contra o mal que tenta me ferir? É verdade, Pai! Posso gritar que tenho Tua graça comigo; e isto me basta. Aleluia!

Pai! Nesta madrugada, meu coração sente desejo de cantar esta antiga canção: "Então minh'alma canta a Ti, Senhor; quão grande és Tu, quão grande és Tú..." E enquanto eu canto, sinto profunda paz em meu espírito; a paz que o mundo não pode dar. E me encho da certeza de que o Teu braço rege o universo inteiro; e o leva a entoar canções que os homens não conseguem perceber; pois - desatentos que são ao Teu agir - ouvem apenas um barulho impreciso; ao invés da melodia eterna nele presente. Que maravilha, Pai! Poder Te adorar enquanto o louvor explode em meu íntimo e a graça envolve o meu ser inteiro. Sou teu, isto eu posso afirmar. Tu és meu, isto ninguém pode mudar. Serei eternamente grato a Ti!
 
Então, enquanto entoo que "bate no meu peito uma vontade imensa de cantar louvores ao trino Deus; de exaltar o Nome do meu Pai eterno, que do grande inferno já me resgatou"; minha alma sente segurança em saber que não preciso depender dos afagos desta vida, nem dos aplausos dos homens e nem mesmo de circunstâncias favoráveis, para estender minha vida em descanso; pois, a segurança e paz que Tua presença sempre traz, se sobrepõe a qualquer luta ou provação que este mundo me reserve. Então, por que temer perigo ou ameaça; se o Teu escudo garante blindagem e proteção imediata contra o mal que tenta me ferir? É verdade, Pai! Posso gritar que tenho Tua graça comigo; e isto me basta. Aleluia!
 
Salmos: Testemunho do cuidado de Deus: "SE não fora o SENHOR, que esteve ao nosso lado, ora diga Israel; Se não fora o SENHOR, que esteve ao nosso lado, quando os homens se levantaram contra nós, Eles então nos teriam engulido vivos, quando a sua ira se acendeu contra nós. Então as águas teriam transbordado sobre nós, e a corrente teria passado sobre a nossa alma; Então as águas altivas teriam passado sobre a nossa alma; Bendito seja o SENHOR, que não nos deu por presa aos seus dentes. A nossa alma escapou, como um pássaro do laço dos passarinheiros; o laço quebrou-se, e nós escapamos. O nosso socorro está no nome do SENHOR, que fez o céu e a terra." (Salmo 124.1-8). Confiemos em Deus!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário