domingo, 31 de agosto de 2014

Perfeita ela não é

Foto: Enquanto eu me preparo para fazer uma pequena viagem à Muriaé, para ministrar no "Seminário de Homens Corajosos"; fico a pensar em dois assuntos distintos: O primeiro, diz respeito ao dia de ontem: Pela manhã, tivemos abençoada reunião com a liderança do Distrito de Cataguases (os líderes estavam presentes, ávidos por avançar no projeto de Deus para este Distrito. A tarde, visitamos Leopoldina; para olhar de perto as importantes reformas que estão sendo feitas no templo ali existente. A noite, o Culto Distrital coroou a visita; no qual centenas de irmãos se acotovelaram no grande templo da Wesleyana De Astolfo Dutra. Foi sobrenatural!

O outro assunto que tomou meu pensamento tem a ver com a campanha presidencial... Percebo que as contra-medidas para manter o atual governo no poder já se iniciaram; contra a única candidata que tem chance real de mudar o rumo das políticas em vigor até aqui. (ela é claramente a favor da extinção do instituto da reeleição). Existem duas frentes de trabalho contra a mulher Marina Silva; esposa, mãe e militante política. Uma das frentes, tenta desacreditá-la junto ao eleitorado geral; denunciando sua "incapacidade" para ocupar o Palácio do Planalto, alegando razões imprecisas e sem conteúdo (falácia de quem quer se perpetuar no poder).

A outra, procura desqualificá-la em seu próprio meio (o eleitorado cristão); dizendo que seu programa de governo é o mesmo dos outros dois candidatos. Pode até ser que seja (eu não acredito); mas... Existem diferenças essenciais entre eles: A primeira é que ela é candidata comprometida com a fé cristã bíblica. A segunda é que ela é, de fato, o diferencial nas políticas públicas em vigor até agora. Portanto, crentes, não se deixem levar por aquilo que está sendo orquestrado. Perfeita ela não é; nem modelo ideal de representação... Mas é o melhor que temos no quadro dos que têm chance de chegar ao 2º turno; e de promover real e promissora mudança de rumo na nação brasileira.

Enquanto eu me preparo para fazer uma pequena viagem à Muriaé, para ministrar no "Seminário de Homens Corajosos"; fico a pensar em dois assuntos distintos: O primeiro, diz respeito ao dia de ontem: Pela manhã, tivemos abençoada reunião com a liderança do Distrito de Cataguases (os líderes estavam presentes, ávidos por avançar no projeto de Deus para este Distrito). A tarde, visitamos Leopoldina; para olhar de perto as importantes reformas que estão sendo feitas no templo ali existente. A noite, o Culto Distrital coroou a visita; no qual centenas de irmãos se acotovelaram no grande templo da Wesleyana De Astolfo Dutra, em louvor ao Deus eterno. Foi sobrenatural!
 
O outro assunto que tomou meu pensamento tem a ver com a campanha presidencial... Percebo que as contramedidas para manter o atual governo no poder já se iniciaram; contra a única candidata que tem chance real de mudar o rumo das políticas em vigor até aqui. (ela é claramente a favor da extinção do instituto da reeleição). Existem duas frentes de trabalho contra a mulher Marina Silva; esposa, mãe e militante política. Uma das frentes, tenta desacreditá-la junto ao eleitorado geral; denunciando sua "incapacidade" para ocupar o Palácio do Planalto, alegando razões imprecisas e sem conteúdo (falácia de quem é capaz de fazer qualquer coisa para se perpetuar no poder).
 
A outra, procura desqualificá-la em seu próprio meio (o eleitorado cristão); dizendo que seu programa de governo é o mesmo dos outros dois candidatos. Pode até ser que seja (eu não acredito); mas... Existem diferenças essenciais entre eles: A primeira é que ela é candidata comprometida com a fé cristã bíblica. A segunda é que ela é, de fato, o diferencial nas políticas públicas em vigor até agora. Portanto, crentes, não se deixem levar por aquilo que está sendo orquestrado. Perfeita ela não é; nem modelo ideal de representação... Mas é o melhor que temos no quadro dos que têm chance de chegar ao 2º turno; e de promover real e promissora mudança de rumo na nação brasileira.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário