segunda-feira, 14 de julho de 2014

Solidão gritante

 

Meu amado Pai; nesta madrugada - bem antes que o novo dia apareça - senti um desejo enorme de Te buscar no lugar de oração. Não me senti movido por uma razão em especial... Foi apenas o desejo de Te buscar. E como aprendo conTigo, cada vez que me curvo perante o Senhor! Neste cantinho reservado, pude entender que a solidão gritante no coração humano não é causada por ausência de pessoas; mas, por vazio causado por Tua ausência. Como me sinto bem em poder compreender o mistério do sentimento de solidão; que não é mistério, mas falta de entendimento quanto ao que causa tal sentimento. Na verdade, quando estamos plenos de Ti, os amigos e irmãos estão sempre presentes, mesmo distantes. Não que sua presença física não seja desejada; mas... Já não é tão necessária quando o Senhor, se faz presente.
 
Então, querido Pai, posso dizer que Tua presença me traz alegria e me faz descansar. Tenho mil razões para te louvar por minha querida esposa, filhos, noras, genro, netas e netos; enfim... Pelos inúmeros amigos e irmãos que carrego comigo, mesmo sem vê-los com frequência. Que bênção! Não tenho como agradecer ao Senhor, por ter me ensinado que, mesmo quando não podemos tocar as pessoas que amamos, ou vê-las à nossa volta; podemos, todavia, senti-las em nosso coração pleno de Tua presença. Então, quando o vazio existente no coração é preenchido pelo Senhor Jesus, a solidão deixa de incomodar; e vai se retirando discretamente, até desaparecer por completo. E assim, com o coração pleno do Teu Espírito, não há mais por que ter no coração esta senhora indesejável, a quem chamam de solidão.
 
Este testemunho de Jesus é um excelente recurso para quem se sente vazio e só: "Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai. Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que agora falas abertamente, e não dizes parábola alguma. Agora conhecemos que sabes tudo, e não precisas de que alguém te interrogue. Por isso cremos que saíste de Deus. Respondeu-lhes Jesus: Credes agora? Eis que chega a hora, e já se aproxima, em que vós sereis dispersos cada um para sua parte, e me deixareis só; mas não estou só, porque o Pai está comigo. Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16.28-33). E isso porque ele nos dá a dimensão exata da importância da presença de Deus em nós, pelo Seu Espírito que em nós habita.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário