sábado, 26 de julho de 2014

Limites de nossa segurança

 

Eu creio que o cuidado do Senhor para conosco se manifesta sob muitas formas. Portanto, na manhã deste novo dia, se procurarmos discernir os fatos que se desenrolarão ante os nossos olhos; poderemos encontrar marcadas deixadas pelo Senhor, como espécie de sinal de alerta; delimitando os limites de nossa segurança enquanto caminhamos ao longo do dia. Sei que esta minha convicção é verdadeira; e que a bênção reservada para este dia irá depender do modo como interpreto os sinais de Deus, deixados para o meu bem. E assim pensando, estou certo de que não devo - seja por que motivo for - abrir mão da certeza do amor e da direção do Senhor para a minha vida; pois esta atitude, além de prolongar os meus dias; é a garantia que eu tenho, de ter uma melhor qualidade de vida.
 
Assim, fortalecido em minha fé; me preparo para mais uma viagem de regresso à casa (estou dando um tempinho à Maria Célia Calegari para descansar mais um pouco, após um fim-de-semana intenso). Enquanto isso, não posso deixar de pensar naquilo que o Espírito de Deus nos proporcionou no último culto da visita. Foi realmente maravilhoso! Quem esteve no culto pela manhã na IMW de Vila Nova e no culto a noite na IMW Central de Mantena, sabe muito bem a que estou me referindo. Deus nos visitou, irradiando graça e unção em farta medida. Gloria a Deus! Enquanto eu pregava, mal conseguia manter os meus pés no chão. Algumas vezes, fico a pensar no quanto nós - servos de Deus - carecemos de buscar a face do Senhor; para que Sua revelação possa fluir por nosso intermédio.
 
Este texto apresenta alguns princípios para uma vida cheia do Espírito:
 
"Rogamo-vos, também, irmãos, que admoesteis os desordeiros, consoleis os de pouco ânimo, sustenteis os fracos, e sejais pacientes para com todos. Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos. Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo. Fiel é o que vos chama, o qual também o fará. Irmãos, orai por nós."
(I Tessalonicenses 5.14-25)
 
Devemos fazer todo o possível para vive-los em nosso dia-a-dia.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário