quinta-feira, 31 de julho de 2014

Ainda vivo por aqui

 

Venho me estender no lugar de oração, para estar em Tua presença, eterno Deus e amado Pai. Desde que me converti ao Senhor, tenho sabido que o mundo não é meu lar e não sinto uma gota de tristeza por isso. Sei que sou cidadão do céu e nisto está o meu maior prazer! Sempre que penso na vida futura, meu coração procura vislumbrar as eternas belezas que verei um dia; em um lugar diferente de tudo aquilo que os meus olhos tem visto... Mas, sei que não é possível a um mortal ver ou imaginar aquilo que o Senhor tem preparado para os Teus filhos - homens e mulheres - os quais, assim como eu, foram comprados da terra e eternamente libertos do cativeiro.
 
Entretanto... Ainda vivo por aqui, por todo o tempo que o Senhor determinar; sem que eu possa fazer nada para mudar isso, pois o meu futuro está em Tuas mãos. E, enquanto aqui vivo; convivo com inúmeras coisas que me desagradam; mas... Me conforta saber que tudo tem um tempo determinado; portanto, o mal não irá além dos limites que lhe foram impostos; então virá o fim. Fim para muitos; porém, recomeço para os Teus filhos. Ver Teu povo Israel ser continuamente atacado por seus inimigos; e questionado o seu direito de defesa por nações ímpias, me faz tão mal quanto ver a crescente onda de intolerância contra Tua Igreja. Venha o Teu Reino Senhor!
 
Creio que, se eu permanecer em Cristo, um dia vou ouvir este cântico:
 
"E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre."
(Apocalipse 5.9-13)
 
Todavia, para que isto se torne possível, preciso ser fiel até o fim!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário