segunda-feira, 16 de junho de 2014

Verdades que se entrelaçam

 

Madrugada bem cedo, estive orando ao Pai. Existem duas verdades que se entrelaçam quando nós oramos: Uma delas é a verdade saída das profundezas de um coração impossibilitado de mentir ou disfarçar o seu real estado; a outra é a verdade saída das profundezas do próprio Deus, revelada pelo Seu Espírito a um coração limpo e transparente. E em meio a estas duas verdades conjugadas no momento da oração aberta, confissão, comunhão, conforto, perdão, advertência e intercessão se mesclam em um instante que - sendo longo ou curto - algumas vezes parece durar tão pouco, outras vezes parece durar uma vida inteira. Isso aconteceu comigo nesta madrugada: Mais uma vez, pude ouvir a voz de Deus enquanto eu O buscava!
 
Enquanto eu orava, pude acompanhar a trajetória de minha pequena casa e o modo como o Senhor vem cuidado dela ao longo do tempo. Então, ouvi que a dor sofrida em certas ocasiões, pode não ter nada a ver com aquilo que nos faz sofrer; mas, com um propósito especial do Senhor, que produz dor enquanto se processa. Ali, aprendi que temos por hábito murmurar de provas que são para nosso bem; tal e qual uma criança a reclamar de um tratamento desagradável, que visa o seu preparo e amadurecimento. Aprendi também que, em certas situações, nossa chegada mais rápida a determinado objetivo precisa passar por um caminho mais longo. E ouvi mais uma vez que - antes de pré-julgar - bom é confiar no cuidado do nosso Deus!
 
A epístola aos Filipenses - além de ser a epístola do louvor e do regozijo - sempre trouxe um grande bem estar ao meu coração: "Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece." (Filipenses 4.10-13). E este texto sempre direcionou o meu entendimento e trabalhou o meu condicionamento espiritual.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário