sexta-feira, 13 de junho de 2014

Encontro de casais


Quem convive de perto comigo, sabe que tenho algumas reservas com certas propostas e ensinos que são transmitidos em alguns encontros de casais. Infelizmente, muitos cristãos que buscam conhecer, conceituar e ensinar sobre vida conjugal acabam se aproximando em demasia do perigoso pântano que reduz vida conjugal a um conjunto de práticas sexuais semelhantes ao que se faz neste mundo decadente. Então, como a Bíblia adverte que "um abismo chama outro abismo"; alguns desses encontros incentivam métodos e oferecem instrumentos para aumentar o prazer do sexo; sem perceberem que tais práticas podem resvalar para um outro nível de jogo capaz de subverter o santidade do ato sexual, até ao ponto de empobrecer e desvirtuar as múltiplas finalidades da vida conjugal responsável.
 
No entanto, tenho participado do Encontro de Casais - sem fins lucrativos - promovido pelo Distrito de Uberlândia, já em sua terceira edição. E nesta manhã, agradeci ao Senhor pelas boas iniciativas ainda existentes neste sentido, sob a égide da Palavra de Deus. Louvo a Deus pela promoção de bons encontros de casais; nos quais, a santidade da vida conjugal e o equilíbrio da prática sexual - em consonância com os ensinos da Palavra de Deus - recebem a devida atenção por parte daqueles que os promovem. Como é importante o fato de um casal cristão saber se conduzir na cama e na mesa; buscando nas Escrituras o modo saudável de escolher seus alimentos com qualidade e praticar o sexo em santidade. Digo isso porque sei que o alimento e o sexo, sem o devido controle, podem nos condenar.
 
Tenho aprendido na Bíblia, que a vida cristã autêntica implica em um conjunto de práticas e medidas que vão muito além da vida conjugal; sem, contudo, descartar os princípios de uma vida conjugal saudável e atividade sexual aprovada por Deus: "PERMANEÇA o amor fraternal. Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos. Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo. Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará." (Hebreus 13.1-4). Vivemos dias de confusão e de desconstrução; portanto, devemos priorizar os ensinos da Palavra de Deus em tudo aquilo que pensamos, falamos e fazemos.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário