terça-feira, 13 de maio de 2014

Paz e vitória

 

Senhor, sou grato a Ti por sentir necessidade de estar em Tua presença. Não tenho como contar as inúmeras vezes em que o Teu Espírito teve que usar o argumento da minha necessidade de orar; para compensar o argumento da minha vontade de usar o tempo de que disponho para alguma outra necessidade que se me apresentou. Ainda bem que tenho aprendido a conviver com os apelos do meu espírito e os apelos da minha emoção; não me deixando levar por este último, quando se trata de cumprir o Teu propósito como prioridade. Há tantas coisas pelas quais devo orar... E obstáculos que preciso transpor para poder estar prostrado no lugar de oração. É bom poder contar com Tua ajuda!
 
Ontem fui tomado por grande alegria em poder abraçar o Presbítero Marcelo, sua esposa Eliete Ferraz e sua sogra que também é mãe da Dange da Silva. E a noite, na radio, pude rever o Diácono Marcelo e conhecer o Pastor Luiz, que o Senhor enviou para nossas fileiras em Eunápolis. Senti unção para pregar aos milhares de rádio-ouvintes do programa da IMW Central de Eunápolis. Obrigado, Pai, por ter me direcionado a falar sobre as palavras "Paz e Vitória"; pois senti que muitos corações foram abençoados com aquela mensagem vinda do Senhor. Dentro de duas horas, o Pastor Nadson Araújo e eu viajaremos em direção a Teixeira de Freitas, onde poderei ser vaso em Tua mãos, para abençoar vidas.
 
Creio se esta a missão mais importante da terra:
 
"E, logo que chegaram junto dele, disse-lhes: Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, como em todo esse tempo me portei no meio de vós, Servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram; Como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente e pelas casas, Testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo. E agora, eis que, ligado eu pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações. Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus."
(Atos 20.18-24)
 
Portanto, alguém que diz servir a Deus, não pode simplesmente ignorá-la!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário