quinta-feira, 20 de março de 2014

Valores ao alcance da mão


Dias atrás, antes da luz da aurora se manifestar plenamente; estive prostrado, com minha querida filha Daniela, aos pés do Senhor. Enquanto adorávamos a Deus, o Espírito me levou a um prolongado pranto; e não me foi difícil perceber as três razões me levaram a prantear tanto. Chorei pela dor do casal (Pastor Gerley e Cátia) que perdeu o seu filho Natan, de dois anos, cujo funeral foi ontem, em BH. Chorei também por minha pequena casa (são 16 almas ligadas à minha união com Maria Célia, entre filhos, noras, genro e netos); por ver como o Senhor a tem sustentado ante forças que tentam a todo custo derrubá-la. E chorei por aqueles que não percebem o quanto perdem; por não buscarem a presença do Deus de amor, que se revelou em Jesus e se faz presente pelo Seu Espírito que habita em nós e entre nós.
 
Sinto que, periodicamente, faz bem considerarmos os valores que temos ao alcance da mão; e, nos sentirmos brindados com tanto cuidado da parte do Deus que nos salvou em Jesus. Sempre me entristeço ao perceber que é tão comum, lamentarmos perdas insignificantes - por motivos egoístas - sem levarmos em conta aquilo que Deus compartilha conosco; bens que são de inestimável valor para uma vida realmente feliz e abençoada. Ao longo de minha vida tenho visto pessoas que só se dão conta dos valores que possuíam, após tê-los perdido para sempre. E é tão difícil encontrar remédio que cure a dor causada por perdas que poderiam ter sido evitadas. Ainda bem que temos um Deus que vela por cada um de nós; e que está sempre procurando abrir nossos olhos; nos advertindo quanto aos riscos que corremos na vida!
 
E nesta manhã em especial, o Espírito de Deus me levou a este texto bíblico; mediante o qual renovei o meu propósito de não revidar agressões sofridas: "Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos. Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo." (1 Tessalonicenses 5.15-23). Na verdade, preciso ter a Palavra diante dos olhos, para me iluminar!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário