terça-feira, 4 de março de 2014

Suplico ao Senhor


Querido e amado Pai, sinto-me abençoado neste lugar tão aprazível, aqui em Uberaba - cidade onde fui o pioneiro da obra wesleyana, no ano de 1977 - participando do VIII Retiro Espiritual do Distrito de Uberaba; venho em Tua presença, me saciar na Fonte do meu maior prazer. Sei que jamais conseguirei exprimir com palavras, aquilo que o meu espírito sente, enquanto estou prostrado diante de Ti em oração. Mas esta não é minha maior preocupação; até porque, não preciso expressar meus sentimentos; e sim, desfrutar da Fonte ante a qual minha alma se queda e meu espírito se alegra. Te louvo, Senhor; por sentir aquilo que homens bem melhores do que eu sentiram em seu tempo. Sou fraco, sim; mas sinto gratidão por me igualar a eles em momentos assim!
 
Sei que vivo em um mundo ao qual estou ligado, pelos mais diversos interesses e necessidades. Nele, tenho família que me enriquece e enobrece; e, também, encontro frio e calor que me confortam. Nele, me alimento e me distraio; mas... Também, corro riscos nem sempre previsíveis. Portanto, eu Te peço: Livra-me do lobo assustador que tenta me devorar; e, também, dos adversários que me espreitam - procurando falhas em minha vida - sempre prontos a me fazer cair. Não quero dar motivos para o seu contentamento; pois, também correrão perigo - se porventura eu cair - ao se alegrarem com meu fracasso. Portanto, por amor aos que desejam o meu mal, suplico ao Senhor que me sustente em meio às tempestades da vida; para o bem de todos à minha volta.
 
Tomo as palavras do Rei Davi por testemunho: "O Espírito do SENHOR falou por mim, e a sua palavra está na minha boca. Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou: Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus. E será como a luz da manhã, quando sai o sol, da manhã sem nuvens, quando pelo seu resplendor e pela chuva a erva brota da terra. Ainda que a minha casa não seja tal para com Deus, contudo estabeleceu comigo uma aliança eterna, que em tudo será bem ordenado e guardado, pois toda a minha salvação e todo o meu prazer está nele, apesar de que ainda não o faz brotar." (II Samuel 23.2-5). E assim, querido Pai; se Tu és tudo, eu não preciso ser nada; a não ser, aquilo que o Senhor quiser que eu seja!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário