sábado, 15 de fevereiro de 2014

Tua luz tudo revela


Querido Pai; tenho aprendido que não existe um lugar alternativo ao lugar de oração. E nesta manhã, passando por Belo Horizonte, posso mais uma vez me curvar ante Tua face, em minha própria casa. Que bênção, Pai! Buscar Tua direção logo ao iniciar de um novo dia, me traz segurança e paz; ante a certeza de que Tua benfazeja mão estará direcionando minhas ações e contendo minhas reações. Sei que não preciso temer aquilo que a luz do dia não consegue me mostrar; pois Tua Luz tudo revela; e, estando ela sobre mim, o mal não mais me surpreenderá!
 
Sinto profunda paz, amado Pai de amor; por saber que Jesus se doou em meu favor, para me dar vida abundante e eternidade sem dor. Estou convencido de que o Senhor Jesus - ao se render na cruz - me livrou de minhas dores e me absolveu de minhas culpas. Lamento tanto ter sido causa de Seu martírio; portanto, preciso me entregar inteiramente a Quem tanto fez em meu favor. Sei que não devo acalentar pecado em meu coração; pois este é o melhor modo de ser grato a quem me ilibou da culpa. Obrigado, Pai; por ter enviado Jesus pra morrer por mim!
 
Jesus veio a este mundo para nos salvar e conduzir em segurança:
 
"Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele. Não era ele a luz, mas para que testificasse da luz. Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo. Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade."
(João 1.6-14)
 
Portanto, seguindo os Seus passos seremos guardados para a vida eterna.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário