sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Formosa e eterna herança

 

Pai; venho à Tua presença com um clamor nos lábios e lágrimas nos olhos. Sinto o Teu Espírito agindo enquanto eu oro e isso me traz grande conforto. Sei que minhas orações serão respondidas, na medida em que se conformarem com Tua soberana vontade. Aleluia! Sou grato por Teu amor revelado na Pessoa de Jesus; amor que faz a diferença entre a vida e a morte, entre o céu e o inferno. Então, me pergunto: O que mais preciso na terra além de Ti? É verdade, Pai! Tenho tudo porque tenho o Senhor como Pastor e Senhor. E, como se não bastasse ter garantida a Tua presença comigo; tenho também formosa e eterna herança, presente e futura.
 
Glorifico ao Senhor por saber que jamais estou só. E também por saber que Tua Luz dissipa a treva mais densa; iluminando a noite mais escura. Ajuda-me a perseverar na verdade que conduz à Vida; pois percebo que no grande mercado das ideias e conceitos, são ditas muitas coisas sobre Ti; algumas até acertadas, ainda que de modo casual; as vezes claras e atraentes - portanto, perigosas - capazes de nos deslumbrar, ao ponto de nos propor um rumo alternativo. No entanto, se temos Teu Espírito por guia e Tua Palavra por bússola; conseguiremos perseverar na sã doutrina e percorrer a linha de esplendor sem fim, trilhando o Caminho da Vida.
 
Sinto grata satisfação em poder refletir positivamente sobre este texto: "Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Por isso todos quantos já somos perfeitos, sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vô-lo revelará. Mas, naquilo a que já chegamos, andemos segundo a mesma regra, e sintamos o mesmo." (Filipenses 3.13-15). E, com isso, alimento a esperança de crescer, até a estatura de varão perfeito. 
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário