domingo, 12 de janeiro de 2014

Socorro do Espírito


Nesta madrugada, enquanto eu procurava chegar ao lugar de oração; fiquei a pensar nos riscos que um homem ou mulher de Deus corre, quando deixa de orar ou mesmo quando negligencia a oração. Não pude deixar de pensar no fracasso de alguns homens de Deus - do passado e do presente - sem suspeitar que tais desastres podem ter tido o seu caminho facilitado pela falta de oração. Então, comecei a agradecer a Deus pelo socorro do Espírito Santo, que está sempre nos advertindo quanto à necessidade de orarmos. Ali mesmo, me dei conta de que não há chance de mantermos uma vida de oração sem o socorro do Santo Espírito de Deus.
 
Naquele momento eu pude, mais uma vez, ouvir em meu íntimo que a finalidade principal da oração é estar na presença do Pai; e, que, isto só é plenamente possível se conseguirmos entrar na dimensão do Espírito. O próprio Caminho da Vida não pode ser percorrido com segurança; sem que o Espírito Santo esteja à nossa frente, guiando os nossos passos enquanto andamos. Isso significa que podemos ser facilmente desviados do curso da Vida; caso dispensemos o Guia que pode nos conduzir pelo verdadeiro caminho. É que o caminho do céu pode ser confundido com o caminho da religiosidade; a não ser pelo fato de ser mais estreito.
 
Então, entendi o por que de muitos se desviarem enquanto pensam estar ainda nele: É que simples o fato de valorizarem sua religiosidade e conhecimento como nortes seguros; os levou a ignorar ou mesmo dispensar o socorro do Espírito. É algo assim: Enquanto procuravam expandir o seu conhecimento e fortalecer sua religiosidade, acabaram perdendo a sua espiritualidade. Fato é que a espiritualidade não vem de um espírito confinado e sufocado pelos caprichos de uma alma ávida por conhecer e convencer pela razão; mas, sim, pelo Espírito Santo agindo em nosso homem interior; conferindo unção ao próprio espírito humano.
 
Pela graça de Deus, tenho aprendido que sem o Espírito Santo a caminhada é inviável
 
"Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido."
(1 Coríntios 2.12-15).
 
Segundo as Escrituras, somente o Espírito Santo pode nos guiar em toda a verdade.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário