quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Misto de Alegria e temor

 
Querido Pai; me prostro aos Teus santos pés nesta manhã, com os joelhos dobrados e com o coração rasgado. Aprendi que nem sempre, joelhos dobrados em Tua presença significam verdadeira prostração e contrição; pois, aquilo que define nossa aceitação diante de Ti é a real intenção do coração; pois tudo conheces, ó Deus eterno. Enquanto eu oro, me dou conta de dois sentimentos que alternam presença em meu coração: sentimento de impotência para o cumprimento integral da missão à mim confiada; e, sentimento de imperfeição ante a santidade e majestade do Deus que me fez ser filho antes de me ter como servo. Obrigado, Salvador eterno! Jamais poderei pagar ou mesmo corresponder à tanto amor e graça, revelados em Cristo Jesus - nosso único Salvador - soberano e eterno Senhor de todos nós!
 
Enquanto eu me curvo; Sinto um misto de alegria e temor; por saber que estás comigo e me ouves, em momentos como este. Trago comigo - em fervente oração - a minha querida família; que jamais deixo de fora, quando entro em Tua presença. E trago amigos e irmãos que precisam ser lembrados nesta hora. Trago também os Ministérios: "Desperta Débora", "Retiro do Coração Abrasado", "GCEU", "RESPIRE", "CEFORTE", "ESCOMIW" (entre outros) devido a sua importância para esta Igreja. E trago o próximo Concílio Geral da IMW; pois sei que, a um homem eleito para ocupar a sagrada missão de compor o CG - tanto um Secretário Geral como um Bispo - não basta apenas ter projetos e qualificações; mas ser um homem separado pelo Senhor para o Momento e a Missão. Pois Tua obra precisa de homens segundo o Teu coração!
 
Preciso procurar manter sempre diante dos olhos este texto da Bíblia: "De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai." (Filipenses 2.5-11). Na verdade, ele apresenta o maior exemplo de quebrantamento e humildade que já existiu. É tudo que eu preciso imitar!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário