sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Preciso me preservar


A dias atrás, Célia e eu nos levantamos mais cedo do que o habitual, devido às viagens que faríamos, levando em conta quatro roteiros: Confraternização de Obreiros do Distrito de Cataguases; aniversário da IMW de São Marcos, em Serra; Encontro com o Distrito de Vitória no aniversário da IMW de Jardim Colorado, em Vila Velha; e, inauguração da 2ª IMW de Guarapari. No entanto; precisei antes passar pelo lugar de oração e ali me deter por algum tempo, diante do meu Rei e Senhor. Afinal, este precisa ser o real ponto de partida para as diversas atividades ao longo de um dia cheio de surpresas. Enquanto eu orava, fui levado a refletir sobre algo que todos nós sabemos; mas, que, nem sempre levamos em consideração. E assim, mais uma vez, fui edificado e enriquecido enquanto buscava a graça e unção do Deus eterno sobre minha vida.
 
Ouvi em meu íntimo, que preciso ter cuidado com as portas de entrada de minha vida interior. Então, pedi ao Senhor que me ajude a manter limpas e bem direcionadas as janelas de minha alma - os meus olhos - para que a visão através delas não se prenda a imagens que não me edifiquem; enquanto observo pessoas, cores e formas que se apresentam ao longo do caminho. Pedi também que seja guardada a porta da rua - os meus lábios - para que não saiam pensamentos não depurados de impureza; ou, palavras de agressão e ofensa à vida e à honra de quem quer que seja. E, que guarde os meus ouvidos - porta dos fundos - para que por ele não entre informações profanas e assuntos levianos (mesmo vindo de amigos) que teimam em querer se infiltrar em meu íntimo. Preciso me preservar; pois sou servo de Deus e agente da verdade sagrada.
 
Dentre os componentes indispensáveis no dia-a-dia de qualquer cristão; Oração e vigilância os dois mais importantes para quem procura viver em santidade. O Senhor Jesus, em diversas ocasiões, nos exortou a vigiar e orar: "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca." (Marcos 14.38). Em nossos dias, vai se tornando cada vez mais frequente a queda e o desvio de muitos crentes. Creio que um dos fatores que mais deve contribuir para o declínio moral entre cristãos é seja a falta de ensino sobre a santidade bíblica. Realmente, não podemos nos descuidar; pois, não é preciso mais que um minuto de descuido para desfazer valores adquiridos ao longo de uma vida de luta e de sacrifício. Portanto, precisamos fortalecer o nosso espírito com a oração e a Palavra de Deus. Vigiemos!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário