terça-feira, 22 de outubro de 2013

Insana euforia


Meu Deus; consegui me erguer e me derramar aos Teu santos pés, onde encontro descanso e paz sem entender muito bem como e porque. Sinto algo, como se fosse um viajante cansado que - ao chegar em sua casa - se derrama em seu leito em agradável repouso. Enquanto eu oro, me dou conta de que não deve existir um outro lugar mais confortante do que aos Teus pés; pois, a vida explode enquanto andas e fontes se abrem aos Teus pés, formando rios de água e saúde por onde passas. Meu Deus! Que prazer sinto em ser um servo que tornaste filho! Como pode alguém como eu medir o próprio sentimento e devoção que se manifesta perante o único Deus verdadeiro, Autor da vida, Senhor da Glória?!
 
Então, querido Deus que enviou Jesus para sofrer minhas dores e morrer minha morte; enquanto vida eu tiver e o curso do ar e do sangue circular em meu corpo; não permitirei que os meus lábios beijem a minha própria mão, nem que minha alma se ufane em insana euforia, quando a graça em forma de sorte chegar; trazendo valores e prazeres em meu benefício, sem que deles eu seja merecedor. Não me permito fazer isso! Pois, já de há muito eu sei que toda dádiva e dom perfeito vem do Alto, do Pai das luzes; concedendo momentos de conquista - ainda que ligeiros - a mortais sem mérito, como eu; apenas para mostrar que o Deus que, por nós, enviou Seu Filho Jesus; continua nos amando e nos buscando.
 
Creio não existir um dia em que a Palavra de Deus não traga deleite e conforto ao meu pequeno coração. Sinto plena paz e segurança em Sua presença; e, este é um dos textos que me fazem considerar e me firmar em Suas promessas: "O caminho de Deus é perfeito; a palavra do SENHOR é provada; é um escudo para todos os que nele confiam. Porque quem é Deus senão o SENHOR? E quem é rochedo senão o nosso Deus? Deus é o que me cinge de força e aperfeiçoa o meu caminho. Faz os meus pés como os das cervas, e põe-me nas minhas alturas." (Salmo 18.30-33). Quanto mais abraço a Palavra de Deus, mais eu me sinto alimentado e fortalecido por ela. Glória ao Deus que me mantém de pé!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário