sábado, 26 de outubro de 2013

Não posso me descuidar


Deus da minha salvação; venho perante Tua face, buscar direção e discernimento para o meu espírito dependente de Ti. Sinto conforto e paz no lugar de oração; pois, quando o assunto é sobrevivência espiritual, não existe melhor lugar para se estar do que no lugar de oração. E, tenho percebido que não posso me descuidar um dia sequer; na verdade, mesmo em horas incertas, devo me reportar sempre ao lugar de oração, ainda que seja em espírito; pois, as sombras que intercalam o brilho do sol, podem esconder tempestade no horizonte. E eu não vejo como resistir ao mal de cada dia; sem que esteja condicionado, mediante minha permanência no lugar de oração. No Senhor, minhas forças se renovam e meus sentidos espirituais são apurados, para prosseguir na jornada sem medo de me perder.
 
E assim, nesta manhã, venho em busca de direção e discernimento; pois eu penso não existir um homem sequer, no passado ou no presente, que não tenha sofrido assédio enquanto caminhava; correndo o risco, ainda que não percebesse, de perder o sentido da vida. Aprendi com Jesus que ninguém pode percorrer o caminho eterno contra a vontade; daí o condicional "se" encontrado em seu convite: "E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me." (Lucas 9.23). Quanto ao discernimento, sei que ele sofre os efeitos da natureza humana corrompida com a Queda. Daí, minha necessidade em recorrer ao Senhor; para que me ajude a discernir tudo o que me sobrevir, mesmo coisas boas, de modo a que jamais eu me deixe enganar por aparência.
 
Ao longo de minha vida cristã - ao examinar Tua Palavra - tenho aprendido que devo me manter sempre em vigilância e oração: "Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem." (Lucas 21.36). Não é de hoje, tenho observado que a vida não favorece em nada a caminhada de um cristão verdadeiro. E a minha conclusão é que a força espiritual de um homem ou mulher que serve ao Senhor, não se renova naturalmente ou sem esforço. Portanto, somente orando e vigiando, terei chance real de vencer e sobreviver como crente. Ajuda-me, Senhor, a perseverar no Caminho da Vida - orando e meditando sempre na Palavra - sem jamais me descuidar um só momento!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário