sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Descontentamento humano


Deus de graça e de misericórdia; nesta manhã em que estamos prestes a viajar pelo Estado de Tocantins, preciso me prostrar diante do Senhor. Tenho aprendido que um novo dia é sempre uma caixinha de surpresas, na qual podemos encontrar bons e maus momentos. Portanto, Pai, nada melhor do que iniciar um novo dia aos Teus pés; pois somente em Ti eu posso encontrar descanso e paz. Sempre vejo o raiar do novo dia como sinal de que uma nova etapa se apresenta - repleta de oportunidades e tentações - sem que tenhamos a menor ideia do modo como iremos estar ao cair da noite. E o pior perigo não é lidarmos com lutas circunstanciais; e sim termos que lidar com pessoas, sem que saibamos como irão reagir em um dia como este. Eu preciso tanto de Ti, para saber lidar com as pessoas.
 
Enquanto estou em oração, me dou conta de que o descontentamento humano cresce a cada dia. As pessoas não se contentam mais com o que têm. A cobiça tem levado os homens a desejarem bens que não são seus. E são muitos os que não se contentam com seu cônjuge; buscando com avidez um nova aliança, sem levar em conta os laços indissolúveis da antiga aliança conjugal feita diante do Senhor. O apetite sexual se torna tão voraz, que consome a a honra, a lealdade e a fidelidade aos votos feitos a alguém. Muitos não conseguem ver algo ou alguém sem intenções impuras. Na verdade, a cobiça leva pessoas a ambicionar ser o "outro"; tentando roubar seu estilo, família e até os seus sonhos e conquistas. Livra-nos do mal, Senhor, pois Teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário