quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Preciso ser coerente

 
Querido Pai; jamais conseguirei explicar o quanto eu me sinto bem, quando estou prostrado em Tua doce presença! E nesta manhã não tem sido diferente. Enquanto eu Te busco em oração - expressando adoração, gratidão e aquela intercessão de sempre - sou levado a refletir sobre dois assuntos que fluíram em meu espírito nesta manhã. É que estes dois assuntos trouxeram ao meu espírito uma espécie de sinal de alerta. E assim, entendo que não devo ficar indiferente aos mesmos, como se fossem algo corriqueiro e passageiro em minha memória. À bem da verdade, esta é uma das razões pelas quais eu Te busco a cada manhã: A necessidade que tenho, de aprender a lidar com Teu propósito para minha vida; e também com as circunstâncias em torno dela.

O primeiro deles, é a relação entre o pensar, o falar e o agir. Sempre me impressiono com a tendência de falarmos coisas diferentes daquilo que pensamos; ou, no modo como fazemos coisas que contradizem tudo aquilo que dizemos ou pensamos. Daí, nos surpreendermos ao dizermos coisas, que - ao repensarmos - verificamos serem opostas ao modo como vemos a vida. E, até mesmo sobre o Senhor e sobre a Igreja; é comum dizermos coisas que não condizem com a realidade bíblica dos fatos. Então, meu querido Pai; eu te peço: Ajuda-me, a falar e agir de modo coerente, de tal modo que o meu agir e falar estejam em sintonia com aquilo que realmente penso; seja sobre moral, família, crença, ou sobre mim mesmo. Preciso ser uma pessoa coerente!

O outro assunto tem a ver com sonhos; sonhos que tentam nos levar em um rumo oposto ou diferente. Este assunto me preocupa; pois, vejo crescer a ideia, baseada em ensinos ministrados em seminários e igrejas; de que precisamos sonhar - e sonhar grande - pois os nossos sonhos se concretizarão mediante a fé. Enfim... Tudo sendo dito, como se fosse algo tão simples assim: "Eu sonho e Deus realiza o meu sonho". Mas eu não sinto segurança neste conceito, Pai. Logo, eu Te peço que me livre dos sonhos que me distanciem de Ti; ou, que me seduzam ao ponto de me desviar do teu propósito para com a minha vida. Entendo que não devo ser movido a sonhos; mas, sim, manter os olhos fixos nas promessas do Senhor para a minha vida de crente e de servo.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário