quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Leque de promessas

 

Hoje de manhã, enquanto eu orava ao Pai, o meu coração foi envolvido por uma visão concernente às promessas de Deus. E como me senti bem, ao recordar algumas promessas cumpridas em minha vida! Também lembrei promessas feitas - umas, para cumprimento em futuro breve; e outras, cujo cumprimento eu aguardo para um futuro que nada tem a ver com este mundo ou com esta vida temporal. E esta visão foi, para o meu coração, como eu tivesse tomado uma bebida quente em uma noite fria. Então, expandi minha reflexão ao "catálogo de promessas gerais". Pois é... Para quem ainda não pensou nisso, posso afirmar que a Bíblia possui, em suas páginas, um leque de promessas que abrangem toda a vida do crente fiel. Neste catálogo existe a garantia de Presença, Poder, Propósito de Deus, aplicada à vida de um crente que persevera no Caminho do Senhor.
 
Umas das vantagens que o crente tem, quando ora; é a de ter uma visão continuamente atualizada daquilo que Deus pretende de sua vida. E, à medida em que este crente vai crescendo na graça e no conhecimento do Senhor; ele vai se dando conta da importância de três importantes linhas de ação do agir de Deus, mediante o Seu Espírito: 1) A primeira delas, é Seu propósito para com a vida de cada um de nós; pois nossa vida só tem sentido, quando integrada no propósito de Deus. 2) A segunda (não em grau de importância) é o poder que Ele confere ao crente, para que o mesmo execute as Sua obras - previamente definidas - estabelecidas em Seu santo propósito. 3) A terceira (no mesmo grau de importância das anteriores) é a presença de Deus em nossas vidas; garantindo Sua doce e constante companhia, enquanto caminhamos pela vida afora.
 
Nunca escondi que sou um grande apreciador das canções do Cantor e compositor Anderson Freire; mas sou também um apreciador das canções do Marquinhos Gomes; e a canção "Não morrerei", em especial, fortalece a nossa fé e confiança nas promessas de Deus. Tenho aprendido nas Escrituras que - concernente aos heróis da fé dos tempos bíblicos do Antigo Testamento - a Palavra de Deus declara que "Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra." (Hebreus 11.13). Naturalmente, que, este texto não se refere às promessas de Deus para a vida presente; mas, sim, para as promessas da vida futura. Louvo a Deus por Suas promessas!
 
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário