sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Noite escura e fria


Em um destes dias, precisei me erguer mais cedo do que o habitual. É que senti profundo profundo desejo de orar pela querida IMW de Pequeri. Em seguida, ao pensar nas Escrituras, me lembrei deste texto: "Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã." (Salmo 30.5). Enquanto eu meditava, pude recordar inúmeras vezes em que este pequeno texto me trouxe grande conforto e capacidade de superação. Outra declaração das Escrituras que salta aos olhos é a que adverte a cada um de nós: "Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16.33).
 
Então, o Espírito me fez entender que, nesta vida, algumas noites podem ser excepcionalmente longas. Pensei nas longas noites do inverno polar; e, na tenacidade daqueles que vivem em clima tão hostil, precisando cumprir tarefas e obrigações sob condições tão adversas. E assim, pude perceber que nós, os crentes, também temos as nossas longas noites de desafio e de provação. Algumas vezes, são problemas de família que parecem intermináveis; outras vezes, conflitos existenciais sem razão clara. Inúmeras vezes somos afligidos por cansaço, abatimento, doença, melancolia... Sem que saibamos ao certo à que atribuir tais sentimentos. Na verdade; é a noite escura e fria que se abate sobre cada um de nós.
 
Enfim, tais sentimentos e conflitos resultam da fragilidade de nossa natureza humana, sensível que é a tais aflições. Todavia, traz grande conforto saber que o choro produzido pelas aflições do mundo, dura apenas uma noite. E que - por mais longa que essa noite seja - a alegria do Senhor virá na esteira dos primeiros raios do Sol. O ferro comum, para transformar-se em aço, precisa intercalar altas e baixas temperaturas para ser moldado. E, também nós; precisamos intercalar lágrimas e sorrisos, alegria e tristeza; enquanto o nosso homem interior vai sendo moldado, até à estatura de varão perfeito. Então, quando passarmos por aflições, tenhamos fé e paz em Jesus; pois Ele nos assiste em todo o tempo!

Sempre que leio a Bíblia, percebo que ela nos encoraja a esperar em Deus, conforme vemos neste versículo: "Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada." (Romanos 8.18). Em outro texto, lemos que "todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." (Romanos 8.28). Aprendi que "As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade." (Lamentações 3.22-23). Portanto, eu me sinto seguro e confiante em Jesus!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário