segunda-feira, 12 de agosto de 2013

As coisas boas que tenho


Hoje estou refletindo sobre a tarefa que preciso cumprir nesta manhã, que é ministrar aos pastores da IMW na 7ª Região eclesiástica. Creio ter de Deus uma palavra para entregar; e, preciso ser fiel nesta entrega! Gente, como o tempo passa tão depressa?! A reunião do Conselho Geral já é parte de um passado que, ainda ontem, era presente. Louvo a Deus pela palavra trazida ontem a noite pelo Bispo Elisiário, que tanto nos abençoou. Daqui a pouco, ouviremos o Bispo Anderson Caleb; e, em seguida, irei entregar o que o Senhor plantou em meu espírito. E, para isso, preciso mais da unção do Espírito do que do conhecimento por mim adquirido ao longo do tempo.
 
Nesta madrugada, enquanto eu orava, veio ao meu espírito a visão daquilo que me levou a Jesus, a muitos anos atrás. Então, de imediato, me dei conta de que não foram as portas que o ministério abre que me levaram a Jesus; ou, mesmo, as oportunidades oferecidas pelo ministério; nem, tampouco, os sinais que seguem aos que crêem... Na verdade, não foi o ministério que me levou a Jesus, disso tenho absoluta certeza! Também, não foi o dinheiro ou a falta dele; nem a possibilidade de liderar alguém ou alguns (não consigo liderar com segurança nem a mim mesmo). Afinal, as coisas boas que tenho não foram procuradas; foram simplesmente encontradas!
 
E percebi que eu não saberia dizer com certeza o que de fato me levou a Jesus. Todavia, consigo identificar muito bem as coisas que não me levaram a Ele. Portanto, não devo permitir que estas coisas (ou outras) - mesmo boas e justas - coloquem em risco aquilo que adquiri naquele dia 26 de outubro de 1964; quando me prostrei, ou melhor, me rendi inteiramente aos pés do Senhor, consciente do estado de miséria em que vivia; tendo recebido dEle o dom da Vida. Isso mesmo! Não devo transformar os efeitos em causa. Nem trocar o absoluto pelo relativo. Afinal de contas, por que inverter as prioridades da vida? Sou um homem de Deus e isso me satisfaz plenamente!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário