quarta-feira, 31 de julho de 2013

Campo missionário


Uma das alegrias que sempre carrego comigo é a de poder buscar a Deus em tantos lugares diferentes; exatamente como acabei de fazer aqui em Medeiros Neto, no extremo sul da Bahia, onde estivemos no último fim-de-semana. Maria Célia & eu chegamos, após um dia inteiro de viagem; tendo passado pela cidade de Sooretama - passagem ligeira - onde almoçamos com o Presbítero Toninho e sua família (Foi muito bom ver as instalações da IMW, estabelecida naquela cidade capixaba a alguns dias atrás). Nestas viagens que fazemos, os milagres se repetem no dia-a-dia. Realmente... Não há como entender ou explicar o modo como Deus cuida de nós ao longo de percursos cheios de risco. Infelizmente, alguns cristãos só decidem buscar a Deus quando o perigo se torna visível e inevitável. As vezes, nem imaginamos o quão importante é à todos nós, aprender com o Espírito a orar preventivamente!
 
Ontem, enquanto eu pregava no Congresso de Missões do Distrito de Teixeira de Freitas, Deus me levou a contemplar a campo missionário presente em nossas relações com o cotidiano; pois, enquanto nos movemos ao longo de um dia ou conversamos com alguém; ou, simplesmente, paramos em algum lugar, vidas necessitadas de um testemunho do poder de Deus estarão sempre presentes diante de nós. Ou será que os perdidos de outras nações - quer sejam eles adultos, jovens ou crianças - são menos valiosos do que as crianças, jovens e adultos perdidos que vivem ao nosso redor? Claro que não! Portanto, o verdadeiro campo missionário está bem mais próximo de nós do que imaginamos. Basta tão somente abrirmos os olhos para ver e os ouvidos para ouvir o clamor dos aflitos... E cumprirmos a missão de testemunhar. Pois, vidas sem Deus e sem salvação, podem ser encontradas em toda parte!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário