sábado, 8 de junho de 2013

Internet pode ser boa ou ruim


Sempre que lanço alguma postagem na grande rede, com o intuito de expor minhas experiências, reflexões e convicções; vem à minha mente duas realidades que preciso levar em conta, enquanto eu faço uso dela: A primeira delas é que a internet tem milhares e milhares de olhos e ouvidos bem abertos; ao alcance de tudo aquilo que alguém veicule através dela. Portanto, preciso ter consciência de que, com aquilo que posto, poderei influenciar - para o bem ou para o mal - aqueles que acabarão por "refletir comigo"; influenciados, direta ou indiretamente, por aquilo que escrevo em minha página ou em página de algum amigo. Eu não ignoro que todos os que usam a grande rede para expor suas ideias; geralmente, se julgam cheios de razão em seu modo de agir e pensar; para postar aquilo que sentem no momento. Assim, não devo sobrepor minhas razões ou emoções aos ensinos da Palavra de Deus; pois, tal atitude pode me levar a postar algo que venha a ofender a Santidade de Deus.
 
A outra realidade a que me refiro; é que nem tudo o que circula neste gigantesco canal de comunicação e de informação deve ser levado a sério. Penso que uma grande parte daquilo que é dito na grande rede - mesmo por alguns amigos ou assinantes - não deveria sequer ser "comentado", "curtido" ou "compartilhado". Ao longo do tempo em que venho utilizando este sistema, percebo que alguns o usam para desabafar suas mágoas e ressentimentos, atribuindo a terceiros que não tem como se defender (pois, se assim agirem, correm o risco de se tornar semelhantes) a culpa por seus conflitos, desatinos e fracassos; outros fazem dele uma arma para expor pessoas e famílias inteiras, ampliando dificuldades e conflitos já existentes entre as mesmas; e existem também os que se valem deste meio de acesso para promover boatos e intrigas, com o intuito de lançar uns contra os outros, com o intuito de separar bons amigos e pessoas que se amam. Portanto, devo me policiar quando posto.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário