sábado, 1 de junho de 2013

Em oração constante


Hoje precisei me levantar mais cedo para estar no lugar de oração. Enquanto eu me abria perante o meu Senhor, percebi que precisava orar por meus irmãos no mundo inteiro; pois, oposição crescente e dissimulada perseguição se verifica em todo mundo contra um povo e uma crença que dotou o mundo de melhores condições de vida; nas artes, nas ciências, nos princípios e nos valores morais que este povo sempre praticou e defendeu. É verdade! Como negar a contribuição dada ao mundo, pelos cristãos de todos os tempos? Que o Senhor ouça e proteja o Seu povo do mal que está por vir!
 
Senti também a necessidade de orar por minha família. De orar por minha esposa e por meus filhos; por ver o quanto são alvejados por atitudes e palavras, justamente por serem quem são. Não posso deixar de orar por cada um deles; pois, sei muito bem que o simples fato de serem e fazerem parte de minha vida e ministério já é suficiente para torná-los alvos preferenciais do adversário. E quando eu me refiro a "adversário", não estou pensando naqueles que - de modo gratuito - se levantam contra mim ou contra os crentes de modo geral; mas, penso no grande acusador daqueles que vivem no Senhor.
 
Precisei também orar pelo rebanho que Deus me confiou: Uma pequena comunidade com cerca de 25 mil pessoas; que, por sua vez, são lideradas por pouco mais de 200 pastores. Este é o aprisco das ovelhas que recebi do Senhor para cuidar. Sei que devo cuidar de ovelhas de outros apriscos, quando por elas for solicitado. Todavia, por estes eu preciso me prostrar aos pés do Senhor em oração constante. E estes pastores que conheço muito bem; se diferenciam entre si, por seu modo de ser e de viver; e pelos frutos que apresentam. Embora me preocupe por alguns em especial, louvo a Deus por eles!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário