sexta-feira, 5 de abril de 2013

A Verdade me libertou

 

Estive a dias atrás no lugar de oração, procurando por respostas que jamais encontrarei neste mundo. É que, já faz muito tempo, eu aprendi que este é o mundo das perguntas. Portanto, aquilo que estou desejando conhecer, não encontrarei olhando pelas janelas deste mundo; ou perguntando pelas esquinas desta vida. Creio em Tua Palavra, Pai! E ela me assegura que a Verdade me libertou! E, isto seria suficiente ao meu deleite, caso eu não habitasse em um envólucro de carne; concebido em pecado e suscetível de doença, conflitos e desgaste. E assim, por ainda possuir um corpo físico, preciso de meios para continuar vivendo enquanto humano.
 
Então, querido Pai, preciso estar sempre em oração; buscando com freqüência a Tua face defronte à janela da eternidade, para obter as respostas sobre mim mesmo, sobre a vida presente e a vida futura. Não me lembro muito bem quando aprendi; mas, sei que muitas perguntas vagueiam no tempo e no espaço, sem respostas que lhes façam companhia. E isso porque as respostas correspondentes estão todas em um envólucro luminoso - flutuando além da visão e da razão humana - cujo nome é "Verdade". Então, decidi ser mais um prisioneiro da verdade; dominado pela certeza de que não há meios de conhecê-la sem buscá-la em Jesus, a Vida Eterna.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário