sábado, 23 de março de 2013

Resistência do "eu"


Pai amado; ao me levantar esta madrugada para orar, precisei fazer um grande esforço interior. Em nossa vida, são tantas as necessidades que nos convocam para estar em oração; mas, são tantos os obstáculos a tentar nos impedir de orar... No entanto, o maior dentre eles está dentro de cada um de nós: Uma espécie de resistência do "eu". É nessas horas que entendo melhor o fato de que, dentre as pessoas que mais necessitam orar, estão aquelas que menos oram. E não estou pensando apenas naquele crente taxado de fraco ou de carnal; pois até mesmo certos obreiros de grande comprometimento com a Tua obra acabam se situando entre aqueles que menos oram. Preocupante isso!
 
Tenho plena convicção de que satã encontra um forte aliado em nossa natureza carnal, para enfraquecer e paralisar a nossa vida de oração. As vezes, somos tão bem dispostos para nos envolvermos com qualquer assunto ou diversão que surge; mas... Quando se trata de orar, parece que não temos tempo. E em função desta omissão, vemos nossa família se enfraquecer e desanimar; vemos nossa igreja se esfriar e definhar; vemos o nosso próprio espírito ser amordaçado e anulado por uma alma que clama por prazer e diversão; ativa e interativa com tanta coisa que não convém a líderes cristãos. E o pior, querido Pai, é que esta tendência vem crescendo à cada dia. Lamentável isso!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário