domingo, 17 de março de 2013

Coisas de Pastor

 
Como já é do conhecimento de todos aqueles que seguem e acessam o meu blog, tenho por costume postar quase que diariamente minhas experiências com o Senhor e minha visão do reino de Deus; seja narrando as minhas visitas às igrejas da 2ª Região Eclesiástica, seja em forma de oração, ou mesmo mediante uma palavra pastoral. Hoje, no entanto, achei por bem postar este artigo do Pastor Douglass Suckow - pastor titular da IMW do bairro Cidade Nova, em Porto Velho - Rondônia.
 
Coisas de Pastor
 
"A igreja, ainda que seja uma instituição organizada, não pode ser confundida com uma empresa, quando o assunto é o oferecimento de serviços por uma equipe. O pastor não é o chefe e seu grupo de liderança não são os empregados. O pastor também não é um mero "coaching gospel".

O pastor tem que ser o grande facilitador do desenvolvimento de habilidades pessoais dos irmãos e deixá-los à vontade para exercitá-las em prol do bem estar de outros e em prol do Reino de Deus, encorajando-os a prestarem um serviço com excelência, amor e em equipe, mesmo lembrando que cada um responde de uma maneira, uns desenvolvendo mais e outros menos, mas todos desenvolvem e precisam fazê-lo. Nisto é necessário paciência, orientação, sensibilidade, insistência, perseverança, instrução, exercício, oração e AMOR.

Os resultados virão e serão a consequência da voluntariedade dos irmãos e de suas habilidades, quando integradas bem aplicadas e bem geridas, temperadas com boa motivação e muito amor. E não é só isso, ainda é muito mais... Quem quiser continuar, fique à vontade."
Pr. Douglass Suckow
 
E assim, espero ter dado alguma contribuição para o auxílio e a edificação dos pastores e de suas igrejas; ao estender aos meus amigos e seguidores deste blog, esta palavra edificadora que resume muito bem os limites de convivência e de responsabilidade, na relação pastor/ovelhas & líder/liderados.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Um comentário:

  1. Querido Bispo, só o nosso Deus é sabedor do quanto me sinto honrado por ser referenciado pelo senhor, que sempre foi referência em minha vida. Muito obrigado mais uma vez. É salutar dizer que muita coisa do que sei e de como me posiciono, vem dos anos que fui orientado por seu pastoreio na 4ª Região, em conjunto com o pastoreio do Rev. Wellington e Arilson.
    Forte abraço. Espero vê-lo em breve.

    ResponderExcluir