terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Segredos do coração


Amado Pai celestial; nesta manhã venho me prostrar no lugar de oração; para - em plena rendição - buscar Tua presença e abrir o meu coração ao Teu Espírito. E sou grato a Ti por não haver nele compartimentos fechados; e, mesmo que haja algum sem que eu saiba, sei que nada se oculta aos Teus olhos e que qualquer tentativa de encobrir algo não resultará; pois Tu é o Deus eterno que conhece todas as coisas. Te sigo a tempo suficiente para saber que tu sabes os segredos mais bem guardados do coração.
 
Eu sei - e não é de hoje - que conheces até mesmo segredos guardados ao longo do tempo; alguns a tanto tempo, que nos esquecemos. Creio ter sido por isso que Teu servo Davi orou assim: "Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno.E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno" (Sal. 139.23-24). Posso afirmar que esta oração do salmista expressa o meu sentimento.
 
Querido Pai; estou convencido de que estar em Tua presença só é possível porque Jesus me proporcionou este direito, quando deu Sua Vida por minha vida. Pela graça, pude entrar pela porta estreita - de lenho tosco - sem parecer nem formosura. Estreita, sim, mas não a ponto de me impedir, um pecador cansado e aflito, de adentrá-la. E agora, pela fé, percorro o caminho que me levará ao portal eterno - dourado e resplandecente - pois; passei pela Porta da Vida, indo em direção ao Portal da Glória!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário