sexta-feira, 30 de março de 2012

Farinha do mesmo saco

Tenho pensado muito nestes dias em que estamos vivendo. Não dá para ignorar o estado crescente de incredulidade e de oposição a Deus por parte de diversos segmentos da sociedade moderna. E, nesta esteira rebelde, é notório o recrudescimento do ateísmo em todos os lugares. Mas, não é um ateísmo ideológico ou filosófico - aquele do tipo "Deus não existe!" - mas sim, um ateísmo confuso e revoltado, do tipo "se Deus existe, por que permite tais coisas?". Isso é deveras preocupante!

E tenho comigo um sentimento de que o fator agravante deste quadro de rebeldia tem no mau testemunho de muitos que se dizem crentes o seu maior aliado. Tenho razões para crer que a falta de responsabilidade e de comprometimento de inúmeros "cristãos", cuja vida não demonstra frutos de transformação, está promovendo uma crescente onda de rejeição ao Evangelho da Graça. Sei que não é de hoje que isso acontece; todavia, nos dias atuais, o nível de escândalos já passou dos limites suportáveis!

E o pior em tudo isso é que diversos líderes que se dizem "servos de Deus" - com seus interesses sem amparo bíblico e nem sempre recomendáveis - estão colocando a Igreja de Cristo sob suspeita. Quando os tais não estão vendendo "não-sei-o-que", usando e abusando do nome de Deus e de Sua Igreja; aproveitam sua visibilidade para exibir seus lamentáveis conflitos e divergências em horário nobre - levados por desejo de vingança ou por sentimento de ciúme. E isso parece não ter fim!

Com angústia, tenho percebido que quando um líder evangélico é acometido de cegueira espiritual, começa a se desviar do Caminho e a manifestar sinais de demência espiritual no trabalho que faz. E aqueles que chegam a este ponto, parecem não se aperceber do mal que fazem ao "Corpo de Cristo". Não os acuso de serem os culpados pelos fatores que promovem toda esta confusão; Porém, os fatos indicam que são responsáveis pelo seu agravamento - tanto diante dos homens como diante de Deus!

No entanto, mesmo em ambiente degenerado e hostil, cabe ao verdadeiro cristão e à verdadeira Igreja perseverar no Senhor - sem esmorecer - sendo santos no viver e discretos no falar e julgar. E mesmo assim, ainda corremos o risco de sermos considerados "farinha do mesmo saco" por aqueles que nos rodeiam; em vista de - seja para o bem ou seja para o mal - qualquer um nos dias de hoje, por razões nem sempre claras, se rotular a si mesmo de cristão. Que o Senhor tenha misericórdia!

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 29 de março de 2012

Cuidado com os desejos

 

Tenho percebido que é próprio da natureza humana, desejar e viver em busca de elogios e glórias pessoais. E não é preciso ir longe para constatar este desejo intrínseco a todo ser humano - você e eu inclusive. Não estou querendo dizer com isso, que elogios não sejam importantes; ou, que sejam inconvenientes em si mesmos. Até porque existem ocasiões na vida de alguém, em que um elogio pode devolver a uma pessoa desanimada e ferida, o entusiasmo e a auto-estima perdida.

Portanto, quando me refiro a estes e outros desejos da natureza humana, minha intenção é alertar que os mesmos - quando deformados - podem alimentar a cobiça, a soberba e a mania de grandeza. De modo geral, existe nos desejos humanos a tendência de se corromperem. Um exemplo comum daquilo que afirmo é o desejo sexual - algo legítimo e pertinente à natureza humana; mas que é facilmente corrompido, levando muita gente às raias da obscenidade e da perversão.

O Senhor Jesus nos ensinou que "O que sai do homem isso contamina o homem. Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, Os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem" (Marcos 7.20-22).

Tenho percebido que, devido a propensão da natureza humana para a degeneração, os desejos podem ser corrompidos pelos mais diversos fatores (sedução, mentira, influência negativa, caráter fraco, etc). E, nesse estado, eles são facilmente levados para o pântano obscuro e fétido da imoralidade e da profanação. E eu estou convencido de que esta é uma das principais razões de haver tanta inveja, soberba, maldade, violência e loucura - em qualquer lugar onde hajam pessoas vivendo em sociedade. E tenho a convicção de que esta deve ter sido também uma das principais causas da queda de Lúcifer!

Como comenta o Pastor Wellington Jennings, da IMW de Nova Floresta, na postagem que fiz sobre este mesmo assunto, no facebook; ao afirmar que o próprio Jesus elogiou e incentivou pessoas. Segundo ele,  muitas palavras do Mestre são palavras de elogio - seguidas de promessa de recompensa. No entanto - ele reconhece - devemos manter o equilíbrio ao lidar com os elogios; caso contrário, podemos ser traídos pela emoção, sendo levados ao "inchaço" e auto-engrandecimento devido a "massagem do ego".

Todavia, existe um bom antídoto para estes perigosos sentimentos: Basta mantermos o nosso coração aberto à censura e à crítica. Afinal de contas, quando nos abrimos a ouvir e considerar as vozes críticas e divergentes - ainda que as vezes injustas - isso sempre ajuda a colocar o nosso "ego" em seu devido lugar: Pendurado na cruz que lhe foi destinada - em algum ponto entre o altar do sacrifício e o altar do incenso, no lugar santo do tabernáculo.

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 28 de março de 2012

Final da visita ao Distrito de Ipatinga

 
E assim, depois de uma noite bem dormida, despertamos em pleno domingo - prontos para continuar o programa de visita ao trabalho wesleyano na cidade de Ipatinga, no Vale do aço. Segui para o templo da igreja central, onde encontrei um grupo de jovens e adultos em um animado mutirão de limpeza e colocação do contra-piso no templo em construção. É animadora a unção de unidade ali existente.

Visita a IMW de Betânia

O Pastor Eduardo chegou e conduziu-me até o templo da nossa igreja no bairro Betânia. Já estava à porta do templo o Presbítero Evair, juntamente com sua esposa e seus dois filhos. Dá gosto ver a dedicação deste irmão e sua família; fazendo um importante trabalho de reforma do templo e anexos. Pude sentir que o chamado de Deus está profundamente enraizado no coração desta querida família. E então, de mãos dadas, fizemos naquele momento um círculo de oração e intercedemos pelas vidas.

Saindo dali, fomos nos deliciar com um abençoado almoço que Daniela adquiriu na cozinha da igreja Central - preparado pelas mãos habilidosas de Simone, esposa do Presbítero Sérgio - que tem sido promovido, tanto para os participantes dos mutirões que tem sido programados na igreja central, como para gerar recursos financeiros para a obra. Enquanto comia, pensei comigo: O almoço preparado por esta querida irmã é um extraordinário incentivo para esta força de trabalho. Glória a Deus!
 
Visita a IMW Central

A noitinha, saímos para o culto de encerramento da visita na igreja central. Não dá para descrever o que sentimos, por aquilo que já pode ser visto ali. A membresia vive momentos de grande motivação; todos colaborando em todos os sentidos para o avanço da obra wesleyana em Ipatinga. E Deus tem enviado mordomos fiéis para apoiar o Pastor Eduardo em seu projeto de ministério. O Ministério de Louvor local dirigiu o período de louvor e adoração, tendo a irmã Anna Paula - esposa do pastor Eduardo - ficado responsável pela coreografia enquanto ministravam.

Durante o culto, o irmão Valber foi consagrado Presbítero. Chamei a irmã Raquel, sua esposa, para estar ao seu lado durante a imposição de mãos pelo Presbitério. Após a consagração e os cumprimentos ao novo Presbítero, o Pastor Calegari Filho começou a pregar - entregando uma mensagem ungida da parte de Deus, que falou profundamente a todos nós. Ao final do culto, ficamos conversando com os irmãos, com pena de ir embora. Dou graças a Deus por tudo o que está acontecendo ali.

Cordialmente;
Bispo Calegari