segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Em fervente oração


A alguns dias atrás - ao me levantar do lugar de oração - senti em meu espírito que não devo, seja por que motivo for, abrir mão de estar nesse bendito lugar. É que ali orando, estando prostrado em nome de Jesus, Deus se põe em pé em minha defesa. E assim, não há o que temer! Pois nesse santo lugar, enquanto oro, minha mente se acalma e meu coração se aquece. Nele, em fervente oração, meus problemas são resolvidos e minhas lutas são vencidas. E, ali prostrado, me encontro com Deus e Ele me visita!
 
E ali, no lugar de oração - enquanto eu orava - senti o quão frágil é a minha vida, em meio a dias tão confusos e perturbadores como estes em que vivo. Então, fiquei a pensar que no início de cada novo dia que surge; me esperam provas e desafios para os quais eu nunca estaria devidamente preparado se, porventura, eu não tivesse a meu favor a direção do Espírito Santo conjugada com a maravilhosa graça do Deus eterno que foi revelada em Seu amado filho Jesus Cristo; que está sempre a interceder por nós.
 
Portanto, haja o que houver, procurarei estar sempre presente nesse santo lugar de oração; ainda que, algumas vezes, eu me sinta tão vazio e aparentemente incapaz de manter uma perfeita sintonia com o Deus todo poderoso a quem sirvo. Mas, não importa... Vou perseverar em oração - mesmo que o céu pareça estar fechado - na certeza de que a graça do Pai, em Seu grande amor por mim, se sobrepõe às minhas limitações; e mantém sob constante vigilância este meu pequeno ser, tão carente do Seu amor.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário