quarta-feira, 13 de junho de 2012

Sentimentos

 
"Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus"
(Romanos 15.5)

Nesta manhã, enquanto eu orava, fui levado a pensar na principal causa das muitas dificuldades que enfrentamos ao longo da vida. E me dei conta de que um sentimento comum a todos nós é achar que sofremos um pouco mais - ou porque alguém não nos ajuda; ou porque alguém não nos compreende; ou porque alguém tenta nos prejudicar... Enfim, a culpa é sempre de alguém! Ou, até mesmo de algum lugar!

Mas, como sempre acontece quando eu oro, Deus me fez pensar nas razões de fundo; aquelas que são as verdadeiras causadoras das nossas maiores aflições neste mundo. Na verdade, não é fácil compreendê-las, uma-a-uma, devido a grandeza de sua complexidade. Mas, aprendi com Deus que a causa primária daquilo que nos perturba é o modo como nos deixamos enganar por nossos sentimentos.

Isso ficou patente aos meus olhos! E ali, prostrado em oração, mais uma vez ouvi Deus falar que nossos sentimentos estão sempre tentando transferir para as pessoas - ou para as circunstâncias - a culpa por nossas dores; quando, na verdade, elas são o resultado direto de escolhas que fazemos e de decisões que tomamos. E quanto àqueles que nos alertam ou advertem - são apenas pessoas tentando nos ajudar.

"E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus"
(Filipenses 4.7)

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário