segunda-feira, 4 de junho de 2012

A EBD do Século XXI


Não é de hoje, que considero a Escola Bíblica Dominical como uma das mais importantes forjarias de líderes e obreiros da Igreja Evangélica. Ao longo dos anos, ela vem sendo um dos agentes que - mediante o seu trabalho de transição - mais incentiva e capacita um jovem vocacionado a ingressar em um curso teológico. E tem sido também o melhor instrumento pedagógico a encaminhar e manter na igreja - mediante o seu trabalho de interatividade social - crianças, adolescentes e jovens.

Portanto, fiquei feliz com a atitude da irmã Kelly Cristina Barbosa - Supervisora Distrital de EBD do Distrito de Ermelino Matarazzo, na capital de São Paulo - de promover no dia 7 de junho um encontro intitulado: "A importância do Conhecimento Bíblico do Professor e o Uso das Mídias - A Escola Bíblica Dominical do Século XXI". A título de apoio, pediu-me que escrevesse um breve texto sobre a importância do uso das redes sociais para a IMW; pedido este que procurei atender de imediato.

O pedido mereceu minha atenção, pelo importante papel desempenhado pelas redes sociais - em especial a Grande Rede - como valioso instrumento de auxílio a todo aquele que trabalha com ensino. Penso que a irmã Kelly acertou em cheio no tema escolhido! Primeiro, porque um professor de classe bíblica precisa estar preparado para o desafio de manter a assiduidade e o interesse de seus alunos; mormente nestes dias de questionamento, quanto a relevância do trabalho da EBD em uma igreja local.

Em segundo lugar, por ser a Grande Rede um importante veículo para o contato do professor com os seus alunos no dia-a-dia. E são inúmeros os recursos que ela oferece - a baixo custo - para um professor da EBD desempenhar com mais eficiência a sua missão. Na verdade, o professor pode - até mesmo para incentivar seus alunos - criar um blog ou criar uma página no facebook; para manter-se em sintonia com seus alunos, desenvolvendo neles um interesse maior pelas atividades da EBD.

Através destas ferramentas sugeridas; e de outras (torpedo, twitter, msn, etc) poderá acompanhar e orientar os seus alunos no dia-a-dia. E poderá fazer isso, conversando diariamente com eles sobre a lição; estabelecendo metas inteligentes e criativas; organizando gincanas; promovendo passeios especiais e aulas externas - em um parque ou retiro - logicamente, combinadas de antemão com a Diretoria da EBD e o Presbitério da igreja. Enfim, motivando-os a manterem presença assídua na sala de aula.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário