segunda-feira, 19 de março de 2012

Responsabilidade da escolha


Se existe algo que tem o poder de influenciar o rumo de nossa vida e determinar o estado do nosso futuro: São as escolhas que fazemos na vida. As coisas que pretendemos com as nossas escolhas podem até ser sonhadas, examinadas e selecionadas - antes de serem escolhidas. No entanto, a partir do instante em que nos decidimos por escolhe-las, as mesmo-as passam a fazer parte integrante de nossa vida - seja para o nosso bem ou para o nosso mal. E não é fácil escapar das consequências!

Conheço inúmeros casos de pessoas que vivem infelizes em seu dia-a-dia, angustiadas em meio ao sofrimento que a vida lhes impõe. E a grande maioria, na tentativa de explicar a si mesmas o "por que" do caos que as oprime, vive a atribuir a culpa do seu sofrimento a pessoas da família; a vizinhos... Ou, simplesmente, não sabendo a quem culpar, vivem confusas em seus questionamentos, tentando encontrar o "vilão" responsável por sua amargura. Para uns, é um casamento complicado; para outros, é o descaminho de seus próprios filhos; muitos vivem no obscurantismo e na crendice, servindo a um falso deus... O que mais direi? Existem tantos motivos para sofrimento neste mundo.

E, deste modo, são muitos os que não conseguem perceber que o seu sofrimento tem tudo a ver com as escolhas que fizeram na vida! Alguns descartaram os conselhos de seus pais, mergulhando em um casamento que os aflige. Outros, escolheram educar os seus filhos de acordo com o mundo - sem levar em conta as Escrituras - utilizando um método de ensinar e de corrigir que contribuiu para que seus filhos se tornassem naquilo que se tornaram. Muitos, ávidos por um encontro com Deus, contentaram-se com um deus qualquer - seduzidos por falsos mestres - como se o simples fato de crer em um deus qualquer fosse suficiente para resolver os problemas causados pela ausência do Deus verdadeiro.

Todavia, nem tudo está perdido! Por mais infelizes que tenham sido nossas escolhas ao longo de uma vida - em Cristo Jesus existe esperança de transformação. A Bíblia nos ensina que Ele pode transformar o mal em bênção; e nós, pelas Escrituras, "sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" (Romanos 8:28). Assim, nunca será tarde para recomeçar, se a nossa escolha for Jesus Cristo.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário