quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Lixo e ser humano

A tempos atrás, percebi uma cena interessante em postagem feita na página do Dr Edison Miranda (pena que ele retirou sua página do facebook; as fotos que postava eram extraordinárias). Nessa foto que, por descuido, não compartilhei, havia um monte de lixo em um canto; o qual, sob o foco de uma luz, projetava na parede uma sombra exatamente como se fossem duas pessoas encostadas uma a outra...

Naquela ocasião, fiz o seguinte comentário: "Cena interessante... E tragicamente analógica. Na verdade, lixo e ser humano - em seu estado de decomposição - acabam por se tornar semelhantes". Lembro-me bem que Edison Miranda sugeriu que o meu comentário poderia tornar-se em um artigo em meu blog. Prometi-lhe que, se um dia o fizesse, ele seria merecedor do crédito - pela postagem de tão interessante foto. É o que faço agora!

Lixo, lixo... E mais lixo

Creio que, neste planeta de Deus, ninguém tem a menor dúvida quanto ao fato de que conseguimos transformar em lixeira todos os continentes, mares, florestas e geleiras. E de tal maneira este planeta tem sido "emporcalhado", que, mesmo em lugares remotos, tem se encontrado lixo espalhado. Alguns Países, inclusive, tentam com sutileza "exportar" o lixo que não conseguem incinerar ou reciclar, para países do terceiro-mundo e emergentes (como é o caso do Brasil).

A sujeira é tanta... Que até na água que bebemos; ou, no ar que respiramos; ou, mesmo, na própria estratosfera, colhem-se amostras com a presença de lixo em abundância. É surpreendente saber que até na lua e em marte existem vestígios do lixo produzido por u'a humanidade que parece não saber fazer outra coisa, a não ser produzir lixo, lixo e mais lixo.

Lixo e ser humano - algo em comum

Existirá algo em comum entre o lixo e o ser humano - além do fato de um ser subproduto do outro? É exatamente este o ponto central desta reflexão. Como cheguei a comentar em foto do Edison Miranda - a mesma constituiu-se em uma cena interessante e tragicamente analógica: Porque, na verdade, lixo e ser humano - em seu estado de decomposição - acabam por se tornar mesmo semelhantes. E não estou me referindo a sujidade física, material; e sim, a decadência moral que submerge o ser humano, criado a imagem e semelhança de Deus, em um charco de lama e lodo.

Fato é, que na vida real temos assistido, pasmos, as piores atrocidades praticadas por gente como nós. Exatamente! Pessoas como nós; que respiram o mesmo ar que respiramos; que frequentam lugares que habitualmente frequentamos... Mas que, em dado momento, transformam-se em seres abjetos - capazes de praticar os mais hediondos crimes contra o seu semelhante.

Só para termos uma idéia da realidade a que me refiro: O violento atentado ao pudor contra uma inocente criança! Existem pessoas dominadas por este vício - capazes de praticar atos de extrema maldade contra uma criancinha que poderia ter sido alguém... Se o "lixo humano" permitisse.

Outro exemplo é a produção e o comércio das drogas. Este é um negócio que movimenta bilhões de dólares em todo o mundo. E entre a produção e o consumo, existem duas figuras diametralmente opostas: O chefe do cartel e seus grandes representantes; e o viciado comum - aquele que, na ânsia de satisfazer sua dependência, é capaz de roubar dos próprios pais; ou mesmo de matar qualquer pessoa, para se abastecer de uma pedrinha de crack; ou de uma "cheirada" de cocaína.

Podemos ainda tomar como exemplo a corrupção. É algo criminoso e perverso a corrupção! E vemos isso, de modo escandaloso, na vida política de nossa nação. Fala-se em cifras astronômicas ao se referir aos valores desviados dos cofres públicos - roubados por pessoas "engravatadas", que ali foram colocadas por pessoas simples e dependentes de suas ações públicas. E podem ser contadas aos milhões as vítimas de tamanho crime! Valha-nos Deus!

Bendito processo de reciclagem

Um dos grandes benefícios produzidos pela imaginação humana é, sem dúvida alguma, a tecnologia voltada para a reciclagem do lixo. Este grande feito da humanidade pode ser comparado ao avanço da industria de medicamentos. Se este último contribui para debelar doenças graves e perigosas; o primeiro contribui efetivamente para diminuir a possibilidade de contaminação e problemas de saúde.

Mas, no tocante a decadência humana, nem tudo está perdido. Deus também estabeleceu um processo de reciclagem do ser humano. Isso mesmo! Por mais degradado que alguem se encontre - mesmo considerado como lixo humano; ou, escória da humanidade - este alguém pode se tornar em uma nova pessoa, completamente depurada de vícios e práticas que a assemelhavam a animais irracionais.

A Palavra de Deus declara: "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo" (II Coríntios 5:17). É o milagre do novo nascimento! O homem, em seu estado natural, não tem chance. Não existe escola ou instituição de assistência ao menor que seja capaz de fazê-lo uma pessoa melhor.

É por isso que muitos criminosos possuem formação superior. Alguns dos piores elementos da sociedade são oriundos de famílias bem formadas e até abastadas. Alguns famosos assassinos. cujos crimes mereceram destaque mundial, foram formados no berço da religião - islâmica, budista e até mesmo cristã.

Novo nascimento é a solução

Daí a imperiosa necessidade de nascermos de novo. A depravação moral é pandêmica. E não existe cura para ela. Somente o novo nascimento para anular os seus efeitos e mudar a história de suas vítimas. Por isso, dirigindo-se a Nicodemos "Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus" (João 3:3). E, ante a perplexidade daquele doutor da lei, Jesus prossegue advertindo: "Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo" (João 3:7).

Glória a Deus! Existe esperança para o lixo humano! Existe esperança para o perdido! Existe esperança para aquele que já está completamente destruído - tanto por dentro como também por fora. E esta esperança tem nome: O seu nome é Jesus!

Cordialmente;
Bispo Calegari

Um comentário:

  1. tristi muito tristi!e nos dias de oje, ter no meio do povo di DEUS, aqueles que um dia aceitol JESUS mas nao interesol nascer dinovo, e ta cendo um lixo, contaminando, com mentira, calunia, falcidade e ate cendo ipocrita ,mas o que nos consola e saber que JESUS e unipotenti,uniciente,uniprezenti,tudo ve tudo podi,hora maranata vem SENHOR JESUS.

    ResponderExcluir