domingo, 27 de novembro de 2011

"Bodas de Pérola" de Adriano e Tânia

Ontem pela manhã, Celia e eu saímos bem cedo, para estar em Muriaé à hora do almoço. E esta visita tinha um motivo muito especial. É que fui convidado para oficiar a cerimonia de "Bodas de Pérola" (trinta anos de casados) do Pastor Adriano e da Missionária Tânia. Como sua casa estava "invadida" por seus filhos, ficamos hospedados em casa do Pastor Renato - onde almoçamos um file à parmeggiana, feito pela irmã Ducileia, um dos melhores que já saboreamos.

A tardinha, o Pastor Adriano veio nos buscar - eu e o Pastor Renato - para nos mostrar a abençoada congregação da IMW de Safira, no Bairro Sta. Terezinha - sob a direção da Missionária Tânia. Encontramos um animado grupo de jovens ensaiando. Foi divertido! Dali, retornamos para o meu local de hospedagem; onde deu para ter um breve descanso, antes de nos prepararmos para o culto solene de renovação dos votos na presença do Senhor.

Pouco antes do horário do culto - o Pastor Renato e a irmã Ducileia nos levaram em seu carro, rumo ao belo templo da igreja de Safira. Enquanto aguardávamos a chegada da Missionária Tânia, ficamos conversando com os Pastores Adriano e Robson; e alguns obreiros locais. Assim que a irmã Tânia chegou; eu e os dois Superintendentes Distritais, ocupamos nosso lugar no púlpito.

Abertura

Então, sob a execução de uma bela peça musical - executada no teclado pelo Regis (de quem fiz o casamento a alguns dias atrás), genro do Pastor Renato - o casal em foco adentrou o templo, acompanhado de seus filhos (exceto o Kenon, sua esposa Daniele e sua filha Maria Eduarda; os quais não puderam vir de Cabo Frio, devido a problemas de saúde).

Com todos em seus lugares, o Pastor Robson (SD do Distrito de Muriaé), deu início à cerimonia. Após sua palavra de abertura, a jovem Lívia, acompanhada por Regis e Paulo Henrique, entoou um belo hino alusivo a este tipo de celebração. Percebemos forte dose de emoção em meio a tudo isso.

A mensagem que preguei, foi baseada no texto de Malaquias 2.14-15; e Colossenses 3.18-21. Destaquei a gratidão a Deus, pelo fato de ainda termos cerimonias tais como: "Bodas de Prata" (25 anos); "Bodas de Pérola" (30 anos); "Bodas de Rubi" (40 anos); Bodas de Ouro (50 anos); e, até mesmo, "Bodas de Diamante" (75 anos) - coisa cada vez mais rara nos dias de hoje. É que, neste mundo decadente em que vivemos, grande parte dos casamentos não conseguem chegar, nem mesmo, às "Bodas de Papel" (5 anos).

Mensagem

Durante a mensagem, li o texto de Malaquias; destacando modo como Deus vê a deslealdade de um marido para com sua mulher - a mulher da sua aliança. E, ali, louvei a Deus pelo fato de esta palavra de advertência não se aplicar ao perfil de marido fiel do Pastor Adriano.

Dando sequência ao texto, observei que Deus busca constituir uma descendência formada por casais que se amam e se preservam - mantendo-se fiel à mulher da sua mocidade. E, novamente, louvei a Deus pelo fato deste texto poder ser aplicado ao casal Pastor Adriano e Missionária Tânia.

Finalizei, chamando a atenção para o texto de Colossences - destacando a submissão da esposa; o amor do marido; a obediência dos filhos aos pais; e, o incentivo que os pais devem dar aos seus filhos, para que eles não percam o ânimo.

Finalmente, chamamos os casais para a renovação dos votos. Foi muito bonito e comovente. Alguns choraram. Causou especial emoção - quando Thiago se dirigiu aos seus pais, em nome dos irmãos, em visivel quebrantamento. Foi uma cena para ser lembrada por todos os que ali estiveram!

Encerramento

O Presbítero Ermínio homenageou o casal, em nome da igreja, chamando o Presbítero Daniel e sua noiva Karol - para a entrega de um presente da igreja ao casal. Em seguida, o Pastor Robson fez o encerramento do culto. Seguindo-se uma sessão de fotos e cumprimentos. Foi também oferecida, no salão social da igreja, uma agradável recepção -  com bolos e bombons - regada a refrigerantes.

Ao final, fomos conduzidos pelo casal homenageado ao "Restaurante do Netinho", especialista em files de tilápia e traíra sem espinha. Em volta da grande mesa reservada; juntamente com os Pastores Renato, Adriano e respectivas esposas; Dc Roberto e esposa Elaine, com seu filho Roberto; Carlos e esposa Elizangela; Dc Erasmo; e também os filhos do casal: Kennedy e futura nora Menize; Derek; Thiago; e um amigo da família, de nome Fábio - nos divertimos muito.

Já com a hora bem avançada, deixamos a mesa farta do restaurante; para retornarmos à residência do Pastor Renato, onde fomos diretos para o descanso (teríamos que viajar bem cedo; e eles teriam uma assembleia geral na IMW de Barra logo pela manhã). De manhã cedo, após um delicioso café, acompanhado de bolo, pães e frutas - cada um seguiu o seu caminho.

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário