sexta-feira, 25 de novembro de 2011

As vezes silenciar é preciso

A alguns dias atrás, respondendo a uma irmã sobre como aconselhar a um parente seu; achei por bem orienta-la quanto a necessidade de guardar silêncio. Tentei demonstrar que, em determinadas situações, não há muito - ou quase nada - o que dizer. São aqueles momentos, na vida, em que o silêncio acaba por se tornar a mais sábia das respostas.

Enquanto procurava ministrar àquela querida irmã, senti a necessidade de estender aquele conselho. E, assim, venho também propor aos crentes em Jesus - especialmente àqueles que seguem e acessam o meu blog - que procurem saber como "viver" a mensagem do evangelho, antes de saber o que "dizer" sobre ela. Sabemos que Jesus, diante de seus algozes e dos que observavam a sua atitude enquanto era julgado, preferiu manter silêncio.

Ao longo de minha vida cristã, tenho aprendido que o nosso bom testemunho é muito mais eficaz para a proclamação do evangelho, do que a nossa melhor pregação. Sei que pregar e ensinar é necessário! E, venho fazendo isso a mais de quarenta anos. Mas, viver verdadeiramente em Cristo pode dispensar muitas coisas que dizemos sobre Ele; ou, então dar incontestável fundamento àquilo que dizemos. Na verdade, em determinados momentos, o nosso modo de viver o evangelho pode se tornar a nossa melhor pregação.

Creio que, tanto os nossos queridos como aqueles com quem convivemos no dia-a-dia, serão muito mais edificados pela vida santificada e piedosa dos crentes em Jesus; do que por aquilo que ouvem dos mesmos no dia-a-dia. Quando fui Cadete do Exército de Salvação - do qual me tornei Oficial por algum tempo, ouvi um dos professores - Coronel Bruno Berendt (não sei se escrevi corretamente) - se referir a um sábio, que disse em certa ocasião: "as palavras podem comover; mas, são os exemplos que arrastam".

Quero terminar este "post", citando parte de um cântico muito antigo que diz: "Há momentos que as palavras não resolvem; mas um gesto de Jesus demonstra amor por nós. Foi no Calvário que ele, sem falar, mostrou ao mundo inteiro o que é amar". Estou plenamente seguro de que saber "o que viver", é bem mais importante do que saber "o que dizer".

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário