quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Final da visita ao Distrito de Caxambu

Na manhã do domingo passado, o Pastor Natanael conduziu-me em seu carro, para S. Lourenço. No caminho, demos uma paradinha na Rodoviária de Caxambu, para comprar minha passagem para o Rio - em ônibus que iria sair a meia-noite. Após a compra da passagem, seguimos para S. Lourenço, a pouco mais de 25 km de distância.

Culto matutino na IMW de S. Lourenço

Chegamos na igreja de S. Lourenço, com o culto já iniciado. O Pastor Camilo estava à porta, a nossa espera. No púlpito já estavam, o Pastor Sabatini e o Pastor Lourenço (dirigente da congregação em Sengó). Com o andamento do culto, chegou também o Pastor Couto e sua esposa Monica (da IMW de Caxambu). Após um abençoado período de louvor; o Pastor Camilo fez minha apresentação - passando-me a palavra para a pregação.

Após o final do culto, fiquei conversando um pouco com o Pastor Lourenço e sua esposa Cecília. Depois, fomos dar uma olhada nas obras de ampliação das dependências da igreja. Algumas salas já estão na fase final de acabamento. Também estão fazendo uma nova cozinha e novos banheiros. Percebi muita dedicação e esmero em tudo o que ali está sendo feito.

Em seguida, fomos para a casa da irmã Áurea, mãe do Pastor Camilo, onde um delicioso almoço nos esperava (Arroz e feijão a moda mineira, frango assado, pernil ao molho e maionese). Foi muito bom termos estado mais uma vez naquela casa e ver a irmã Áurea juntamente com alguns de seus filhos e netos. Após a sobremesa e o café, conversamos um pouco com o Pastor Camilo e sua esposa Marilena (a filha mais nova deles está completando um ano - uma gracinha).

Dali, o Pastor Camilo levou-me para fazer uma visita ao Pastor Sabatini e a irmã Maria, em sua nova casa. Fomos para a sala e, enquanto conversávamos, ouvimos barulho no quintal; fomos até lá. Era um visitante intruso no galinheiro, agitando as galinhas: Um enorme lagarto tentava devorar alguns pintos; mas, foi posto pra correr por uma galinha choca enfurecida. Passado o susto, fomos lanchar na copa. (o lagarto não teve como devorar os pintainhos, mas nós conseguimos devorar um delicioso bolo com refrigerante que a irmã Maria nos ofereceu).

Culto na IMW de Baependi

Chegamos na igreja de Baependi um pouco antes do culto. O Pastor Natanael aproveitou para mostrar-me as instalações e falar sobre alguns projetos. O culto teve o seu início no horário previsto, com o Ministério de Louvor dando abertura ao mesmo. Achei interessante, que os irmãos envolvidos com a música e o louvor realizam uma reunião preliminar de edificação. Cheguei a pegar o finalzinho dela. Uma bênção!

Durante o culto, o Pastor Natanael distribuiu algumas oportunidades. Logo em seguida, deu-e a oportunidade para pregar a palavra de Deus. Percebi um clima de reverência e alegria. Sinto que Deus falou aos irmãos. Fizemos um convite para que viessem receber oração; e várias famílias se encaminharam ao altar. Convidei os pastores e presbíteros, a que me ajudassem na oração pelo povo. Creio que todos sentiram a unção de Deus derramada sobre nós.

Ao final, depois dos cumprimentos, fomos para a residência pastoral. Enquanto eu preparava minha mala, o entregador de pizza chegou. Enquanto comíamos uma saborosa pizza portuguesa, íamos conversando sobre a obra wesleyana no Distrito de Caxambu. É notório o mover de Deus neste Distrito, que está experimentando um bom nível de crescimento.

Após o lanche, o Pastor Natanael e a irmã Meire me conduziram para a Rodoviária; pois o ônibus sairia a meia-noite - faltando pouco mais de vinte minutos para a partida. Mas, conseguimos chegar em tempo! Na despedida, pensei nas alegrias que tenho tido com este Distrito - desde que assumimos a II Região, a três anos atrás. Louvo a Deus por tudo!

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário