sábado, 22 de outubro de 2011

Ainda o Distrito de Cachoeiro do Itapemirim

Geralmente, divido o "giro episcopal" a um Distrito em duas ou três postagens. E faço assim, para não "esticar" muito o relato do "giro" - nem deixando algumas visitas fora do relato. E é mantendo este procedimento, que continuo a relatar minha viagem ao Distrito de Cachoeiro.

Reunião Distrital de Obreiros

A reunião foi realizada no templo da igreja central, com a presença de todos os obreiros do Distrito; e sob a direção do SD Pastor Jorge Camargo. Na abertura, foram entoados cânticos pelo Pastor José Everaldo. Logo após o louvor, o SD me passou a palavra, para a ministração. Ao final, depois de dar algumas informações sobre o estado da II Região, foi feito o encerramento da reunião. Após os abraços e cumprimentos; fomos todos conduzidos à cantina, para saborear um delicioso "cachorro-quente" com refrigerante - preparado pela diaconisa Lúcia e servido pela Missionária Vera.

Culto de Jovens na IMW Central de Cachoeiro

Nem bem havíamos terminado de lanchar, foi iniciado o culto da mocidade - pouco depois da reunião dos obreiros do Distrito. Tenho percebido que o templo da IMW Central de Cachoeiro se torna cada vez menor - face ao número crescente de frequentadores. O espaço não atende sequer a membresia da igreja. E o culto da juventude foi realmente um "aperto". O bom em tudo isso, é que a unção de Deus envolvia a todos nós ali reunidos. Alguns pastores estavam no púlpito. As participações foram de uma graça admirável. E, após a mensagem, foi ministrada a "Ceia do Senhor". Ao final do culto, oramos por muitos que ali estavam.

Após os abraços e despedidas, fui convidado pela família pastoral para um Jantar na churrascaria de uma família que está vindo para a igreja (arroz, feijão tropeiro, batata frita e churrasco misto). Foi muito interessante notarmos que - assim que alguma coisa terminava - o garçon que nos atendia trazia algo mais, dizendo ser "cortesia do proprietário". Louvo a Deus por aquela família empreendedora - que administra aquela churrascaria com dedicação e eficiência. Minha oração é que o Senhor prospere aquele negócio a cada dia. Sobre o culto em Itaoca e na II de Cachoeiro, falaremos no próximo "giro".

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário