terça-feira, 26 de julho de 2011

Visita ao Distrito de Ipatinga

Visita a IMW de S. Maria de Itabira

Celia e eu, após uma viagem corrida - de Luminárias a Belo Horizonte - rumamos para a cidade de S. Maria de Itabira (como o seu próprio nome parece indicar, ela vive sob a sombra da poderosa economia da cidade de Itabira; da qual dista poucos quilômetros). Na verdade, a nossa Igreja iniciou suas atividades nesta cidade, onde permaneceu durante alguns anos; representada em um pequeno trabalho, pelo qual passaram alguns pastores wesleyanos; tendo sido fechada na gestão do Pastor Geraldo Natalino, que transferiu o trabalho para a cidade de Itabira.

Sob o pastorado do Pastor Eduardo; o mesmo resolveu reabrir aquele trabalho, trazendo de Cataguases o Presbítero Gerley para assumi-lo. Este obreiro tem se dedicado de corpo e alma a esta missão, colhendo frutos importantes para o estabelecimento da igreja nesta pequena cidade. Celia e eu, acompanhados do Pastor Eduardo e Anna Paula, sua esposa, saímos para o culto em S Maria de Itabira.

Ao chegarmos para o culto, prestes a iniciar-se, encontramos o Aspirante Gerley e sua esposa Kátia a nossa espera (Kátia está feliz da vida em sua gravidez). O culto foi iniciado pelo Ministério de Louvor, sob a direção do irmão Alex. Deus se fez presente em todos os momentos do culto - tanto durante a ministração do louvor como durante a pregação da Palavra. Ao final, a igreja nos homenageou; e também prestou uma comovente homenagem ao seu líder, que o levou às lágrimas.

Ao final do culto, tivemos a oportunidade de abraçar os irmãos; antes de retornarmos para a casa do Pastor Eduardo, em Itabira, onde estávamos hospedados. Senti grande alegria em poder reencontrar as Diaconisas Adriane e Neuza - esta última, pioneira deste trabalho. Em seguida, retornamos a Itabira; com aquela sensação de prazer, por poder ver o ressurgimento da igreja - em uma cidade onde a mesma havia encerrado suas atividades. Glória a Deus!

Visita a IMW de Itabira

Após uma noite bem dormida, o Pastor Eduardo me conduziu em uma visita à Escola Dominical das quatro congregações que a igreja de Itabira mantém na cidade. Nossa primeira visita foi à Congregação do Bairro Eldorado, sob a direção do Presbítero Mauro e sua esposa Gláucia. Após uma breve palavra, rumamos para a Congregação do Bairro Praia, sob a direção do Presbítero Wilton e sua esposa Elecsandra. Dali, fomos para a Congregação do Bairro Gabiroba, sob a direção do Presbítero Washington e sua esposa Jeane. Em seguida, chegamos à Congregação do Bairro S. Ruth, sob a direção do Presbítero Ivair e sua esposa Suelly. Finalmente, fomos para a Sede em Itabira, onde ainda encontramos alguns irmãos, onde o Pastor Eduardo nos mostrou algumas obras para melhor atendimento ao povo que ali se reune. Realmente, foi um roteiro que muito me edificou.

Após a visita aos trabalhos, o Pastor Eduardo e Anna Paula, nos levaram a um restaurante, para almoçarmos. Logo após o almoço, Retornamos a casa, para descansarmos; pois, o culto em Itabira prometia ser de intenso mover. Antes do descanso, ainda fizemos visitas.

Finalmente, fomos para o culto. O Ministério de Louvor deu abertura, em um clima de muita alegria e emoção. Os cânticos foram nos conduzindo em adoração crescente. O ponto culminante do entoar dos louvores, foi com o cântico de Marquinhos Mendes, cujo estribilho declara:

"Não morrerei, enquanto a promessa não se cumprir. Quem tem promessa de Deus não morre não; e tem a fé, a fé de Abraão! Levante os seus olhos e veja o sobrenatural! Quem tem promessa de Deus, vence o mal".

Foi um momento de forte impacto espiritual! Preguei sob forte unção. Também cantei no momento do apelo. Oramos por diversas pessoas (o salão de cultos estava repleto). Sinto profunda gratidão a Deus, por ter-me inspirado a enviar para aquela cidade o Pastor Eduardo e sua família. Sempre entendi que uma nomeação precisa ser, antes de tudo, fruto de um ato profético; e não somente de um ato administrativo.

Ao final do culto, fomos tomar caldo (estava fazendo frio em Itabira). Logo em seguida, fomos descansar; pois, teríamos que viajar de manhã, para Ipatinga. Logo após o delicioso e farto café da manhã, que Anna Paula preparou com tanto carinho, saímos para mais uma etapa do nosso "giro". Foi de grande proveito as visitas que fizemos. Até a próxima!

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário