sexta-feira, 10 de junho de 2011

Nota de Falecimento

Ao longo destes últimos dias, temos recebido notícias tristes - sobre alguns filhos de Deus que faleceram. Foram pessoas que conhecemos muito bem - tendo convivido bem de perto com elas, por algum tempo. A alguns dias, postamos uma nota do falecimento do saudoso e inesquecivel Pastor João Vicente. E nem bem havíamos acalmado os nossos sentimentos, concernente a este falecimento, quando fomos informados da partida de alguns outros irmãos - que constam nesta nova Nota de Falecimento.

Faleceu a irmã Regina

Recebi um telefonema da irmã Neuza, esposa do Presbítero Nadelson - Prefeito do município de Novo Horizonte, em Rondônia. Esta família é fundadora da IMW de Novo Horizonte. Sempre me hospedei em sua casa, nas diversas vezes em que visitei a cidade. E foi em uma dessas visitas que fiquei conhecendo o casal Emerson e Regina - um casal ainda bem jovem, com dois filhos que ainda não haviam chegado a pre-adolescência. Quando os conheci, ainda não eram crentes. Algum tempo depois, se converteram ao Senhor. Gozavam de grande simpatia entre os wesleyanos de Novo Horizonte. E agora, a saudosa irmã Regina foi ao encontro do Pai. "Fiel é esta palavra: Se, pois, já morremos com ele, também com ele viveremos" (2 Timóteo 2.11).

Faleceu a menina Sara Hadassa

Tive o prazer de acompanhar o namoro e o casamento de Márcio e Rosemere, em Rolim de Moura, também em Rondônia - um casamento que prometia muito, pois ambos sempre foram muito dedicados nas coisas do Senhor. A Rose, como é conhecida, era missionária wesleyana; e o Márcio era aluno do CEFORTE, no qual ela lecionava. Com o seu casamento, nasceu a Sara algum tempo depois - uma menina muito viva e inteligente, a qual trazia alegria a todos os que conviviam com o abençoado casal. Eles fizeram um brilhante ministério em Alvorada do Oeste; e dentre os seus frutos, ganharam para Cristo o Professor Mário Sérgio - hoje Pastor da IMW daquela bela cidade rondoniense. Em um de nossos concílios, sentiram-se chamados para iniciar o trabalho na cidade de Maués - no interior do Amazonas. Fincaram ali as estacas da obra wesleyana, deixando uma igreja plantada. Dali, foram nomeados para a IMW de Itapoã do Oeste, onde se encontram até hoje. A Sarinha vinha crescendo ao longo desse tempo, criando boas expectativas quanto ao seu futuro. Mas sua vida teve um fim inesperado: O Senhor a levou para junto de si nessa mesma semana."Pois, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, quer vivamos quer morramos, somos do Senhor" (Romanos 14.8)

Faleceu a irmã Graça

Lembro-me como se fosse ontem: em um dia primeiro de maio do final da década de oitenta, fui fazer visita ao Bairro Jacaré - em Cabo Frio. O meu desejo era encontrar uma casa que nos acolhesse e que pudesse ser o ponto de partida para um trabalho wesleyano no bairro. Foi com esse desejo que cheguei a casa do casal Antonio e Graça. Ele estava de camiseta regata e bermuda; ela estava afastada de uma igreja evangélica da cidade; e recebeu-me com satisfação. Aproveitei a oportunidade e preguei o evangelho ao seu marido, que ouvia em silêncio e atentamente. Ao final, ele se decidiu por Cristo. Ela se reconciliou com o Senhor. Sua varanda tornou-se o espaço do nosso primeiro trabalho no Jacaré. Algum tempo depois, comprei dois terrenos que pertenciam a família da irmã Graça -- no qual havia funcionado por muito tempo um terreiro de umbanda. É lá que está construída a bela e imponente IMW do Jacaré. O irmão Antonio sentiu-se chamado para o Ministério; formou-se em nosso CEFORTE e hoje é o Pastor daquela igreja. Na "Semana de Atualização Teológica" ele me informou sobre o estado de saúde precária em que se encontrava a irmã Graça. Ontem, ao abrir a minha página no facebook, percebi um recado da Missionária Geni - esposa do Pastor Josinei - dando-me ciência do falecimento da querida irmã Graça. Vai deixar saudades aquela irmã; mas está em lugar melhor, pois o Senhor a recolheu. "Então ouvi uma voz do céu, que dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, pois as suas obras os acompanham" (Apocalipse 14.13).


As três famílias enlutadas, deixo aqui registado o meu sentimento de condolências. "E disse: Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor deu, e o Senhor tirou; Bendito seja o nome do Senhor" (Jó 1.21)!

Com sincero pesar;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário